23.12.13

Aviso!!

Heey amores, tudo de boa? Quanto tempo. u.u

19.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 65✌


(seunome) P.O.V

Mandei uma DM para Jason dizendo que eu tinha chego, mas ele não respondeu-me. Fiquei impaciente esperando por 30 minutos e nada, até que recebi uma mensagem dele.

Amore, não vou poder ir te ver, sinto muito. Vamos marcar outro dia.

Bufei por causa da mensagem e fui até a sorveteria que tinha ali perto. Peguei o sorvete e paguei o mesmo, então sentei-me numa das cadeiras que tinham ali. Assim que vi um paparazzi se aproximar, eu disfarcei e fui pegar um táxi.

Se eu saísse correndo, ai mesmo que o paparazzi ia ir atrás de mim. E, ainda bem que o taxi estava passando, dai fui rápida e entrei no mesmo, que deixou-me enfrente a casa que estávamos. Paguei a corrida e entrei no jardim da mesma, vendo Justin sentado tomando cerveja numa das cadeiras enfrente a piscina.

Justin P.O.V

Acordei e (seunome) não estava ao meu lado. Peguei minha roupa no chão e fui correndo para o meu quarto, tranquei a porta do mesmo e fui para o banho. Assim que sai do banho, vesti uma box azul e uma bermuda e desci encontrando apenas Chris e Jas na sala vendo TV.

Justin: Cadê a (seunome)?

Jas: Ela deu uma saída mas já esta chegando.

Justin: Ela foi aonde?

Jas: Ela foi resolver algumas coisas da Victoria's Secret.

Justin: Por que ela não me avisou?

Chris: Relaxa ai cara, ela só foi resolver algumas coisas.

Eu suspirei e fui para a cozinha e peguei uma cerveja. Abri a mesma e dei um gole longo, bebendo metade do conteúdo. Olhei pela janela da cozinha e estava um solzinho bom, então fui para o jardim e fiquei sentado numa das cadeiras que se encontravam na borda da piscina.

Eu estava olhando para o nada e ouvi passos se aproximando, olhei de canto e vi (seunome) sorrindo de lado. Ela aproximou-se mais e sentou-se na mesma cadeira que eu estava, e ficando de frente para mim.

Você: O que você esta fazendo aqui sozinho? - Ela perguntou alisando minha perna.

Justin: Nada, só relaxando..

Você: Esta triste comigo? - Silencio. - Eu só fui resolver algumas coisas da Victoria's Secret.

Eu assenti e sorri para ela, que também sorriu e aproximou-se me dando um selinho demorado.

Justin: Você saiu tem muito tempo?

Você: Faz só uns 30 minutos.

Justin: Que tal entrarmos na piscina?

Você: Nem vem Justin, eu estou toda arrumadinha. - Ela disse fazendo cara de reprovação e já ia levantar, mas eu segurei seu braço fazendo-a sentar novamente. - É sério amor.

Justin: Mas eu quero curtir um pouquinho, poxa. - Eu disse fazendo biquinho e ela beijou o mesmo. Segurei sua cintura e a coloquei sentada em meu colo virada para mim.

Você: Que foi? - Ela perguntou sorrindo sem graça ao perceber que eu olhava sua bochecha atentamente.

Justin: Você tem sardas. - Eu disse olhando o local com os olhos semicerrados.

Você: São poucas. Só da para vê se olhar bem de perto igual você esta olhando agora.

Justin: O engraçado é que eu te conheço faz tempo e nunca tinha reparado. - Eu disse olhando-a normalmente. Ela sorriu.

Você: Vamos entrar? Estou morrendo de fome.

Eu assenti. Ela saiu do meu colo, fomos para dentro da casa e entramos pela porta da cozinha. Joguei a latinha de cerveja na lixeira e fomos caçar algo para comer.

Justin: Eu acho que ainda tem a vitamina que Ryan fez.

Você: E esta boa?

Justin: Pior que esta bom pra caralho. - Riu. - Vai querer? - Ela assentiu.

Peguei a vitamina na geladeira e ela pegou dois copos, depois enchi os mesmo com a "gororoba" de Ryan. Fizemos um sanduiche e fomos para a sala.

(seunome) P.O.V

Jas: Nossa, chegou e nem nos avisou.

Chris: A esfomiada foi logo para a cozinha. -eu ri.

Você: Não tenho culpa de estar morrendo de fome.

Eu e Justin nos sentamos no outro sofá e ficamos vendo um programa de TV com Chris e Jas. Era um programa legal, mas eu estava cansada. Ainda marcava 17h00.

Você: Amor, acho que vou dormir.

Justin: Também tô cansado.

Jas: Mas era pra vocês estarem mesmo. Meu ouvido já estava doendo de tanto ouvir gemidos de vocês dois.

Justin riu e eu encolhi meu rosto no peitoral dele. Mandei dedo do meio para ela, que riu.

Justin: Vamos deitar um pouquinho.

Eu assenti e subimos. Fomos para o quarto de Justin e nos deitamos na enorme cama que tinha ali. Deitamos de conchinha e ficamos quietos, até que alguém bateu na porta.

Chaz: Justin, você tá ai.

Justin: QUE FOI, CARALHO? NINGUÉM PODE DESCANSAR MAIS NÃO!? -Chaz riu.

Você: Justin! -o repreendi.

Chaz: Relaxa aê cara, abre aqui..

Justin bufou. Ele levantou e abriu a porta com nenhum um pouco de paciência.

Justin: Que foi?

Chaz: Um sol bom pra caralho e vocês querem ficar dormindo!? -Ele falou incrédulo.- Vamos para a piscina ou para a praia, esta um calor da porra.

Justin: Você e Cait estavam dormindo, não estavam!? Agora deixa a gente dormir também, porra.

Chaz: Nós dois tentamos dormir, mas tinha gente gemendo pela casa.. -Eu não deixei de gargalhar e eles fizeram o mesmo- Anda cara, borá descer...

Você: Já até perdi o sono com Chaz falando. -ri pelo nariz e levantei-me- Borá descer amor..

Justin: Tá bom... -Ele rendeu-se e revirou os olhos. Sorri e o selei.

Você: Vou ir no meu quarto colocar o biquíni, te encontro lá embaixo.

Ele assentiu e me deu mais um selinho. Passei por Chaz dando um beijo em sua bochecha e fui para o meu quarto. Fui ao closet e coloquei esse biquíni:

Peguei o bronzeador, o óculos de sol e desci. Não tinha ninguém na sala, ouvi as vozes do pessoal vindo do lado de fora, então fui até lá e sentei-me na borda da piscina ficando com os pés na agua.

Justin: Demorou hein amor... -Sorri.

Você: Passa o bronzeador em mim?

Justin sorriu malicioso fazendo-me rir e sentou ao meu lado. Virei-me de costa para ele e o dei o bronzeador, logo senti suas mãos passeando vagorosamente pelas minhas costas causando-me arrepios.

Sorri com aquilo. Senti sua respiração em meu pescoço, então ele logo sussurrou:

Justin: Podíamos esta fazendo coisas melhores. -Eu ri.

Ryan: Já podem parar de transar, caralho. -Ele gritou nos fazendo rir.

Justin terminou de passar o bronzeador e eu passei pelo meu corpo. Ele entrou na agua e sorriu sapeca, em seguida me puxando para a piscina. Eu ri e abracei sua nuca, estava morrendo de frio.

Você: Seu gay, estou morrendo de frio. - eu disse e dei uns tapas em seu peitoral.

Justin riu e pegou-me no colo, encaixando minhas pernas em sua cintura. Ele foi me carregando até a outra borda da piscina, que era a área funda e aonde o pessoal estava. Coloquei minha cabeça em seu pescoço e fiquei ali agarradinho com ele e conversando com o pessoal enquanto o frio não passava.

Continua...
heey amores, tudo bem? Eu estou bem. Desculpe-me por não ter postado ontem.. :/ Esse capitulo esta uma merda, estou sem inspiração hoje. :( Gentee, segunda foi minha formatura, cara, foi muito foda, sério! *-* Mas então, espero que tenham gostado desse capitulo. Ainda não respondi os comentários do capítulo 64, amanhã ou ainda hoje eu irei responder. E estão me perguntando sobre a 2° temporada de Be Alright, pq não estou continuando ela e tals... Bom, estou tentando focar em ALAYLM e assim que essa acabar, eu foco na 2° temporada de Be Alright, entendem? Acho que vai ser melhor pra mim e pra vcs! :3 Beijos e amo vocês! s2 Continuo com 20 comentários.
 Criminal >> http://socialspir.it/1416893
O Pai da minha melhor amiga >> http://socialspir.it/1374041

18.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 64✌

AVISO: Amores, contem GIFs HOTs, então para terminar de ler o capitulo, click em "Leia mais".
(seunome) P.O.V

Sorri sem graça para Justin assim que ouvi meu celular apitar na intenção de avisar-me que tinha uma nova mensagem...

Justin: Deixa eu vê quem é. - Ele disse rude.

Você: É minha amiga Jus, eu já disse.

Justin: Não vou repetir de novo... - Ele disse ainda rude.

Suspirei nervosa e dei meu celular a ele. Justin leu a mensagem e me entregou o celular, em seguida deu um beijo em minha bochecha. O olhei confusa e vi que a Mensagem era da Barbara, suspirei aliviada e sorri.

Oi amigaaa, como está? Que saudades de vc!
 
Oi gatona, tô bem e você? Poxaa, tbm estou com mtas sdds!

Você: Meninas, vamos lá em cima?

Elas assentiram e subimos para o meu quarto. Tranquei a porta e sentei-me na cama ao lado delas.

Cait: O que houve?

Você: A Barbara me mandou uma mensagem e Justin pediu para ver, imagine se fosse o fã clube no twitter que a gente criou.

Jas: Ninguém manda ter conversas picantes com o boylieber do fã clube. - Elas riram.

Você: Hey! - As repreendi. - Não tenho conversa picante com ele. Ele é muito legal, vocês sabem... E esse FC me ajudou muito quando eu não estava com o Justin.

Cait: Eu acho que você tem que apagar, você nem conhece o garoto, então não tem problema...

Você: Mas ele é tão legal! E meu FC tem muita gente legal, adoro conversar com eles.

Cait: Eles são seus fãs e fãs do Justin, você pode conversar com eles pelo seu twitter normal.

Jas: E também pode seguir eles, já que é o sonho deles.

Você: Eu já sigo eles.

Jas: Ah, mas você que sabe...

Você: Vou marcar um encontro com o boylieber.

Jas: Você é doida? Quando ele vê que é você, ele vai ficou louco.

Você: Quem disse que ele vai encontrar alguém?

Cait: Como assim?

Você: Só quero ter certeza de que ele é realmente um boylieber, e não um velho tarado. - Rimos. - Vou falar com ele.

Elas assentiram e eu peguei meu celular e mandei uma DM para ele.

Heey Jason, vamos nos encontrar hoje na praça central? Estou no Hawaii, vc sabe né!? :3
Estou mt feliz por estar aonde vc mora! <3333333333 ❤❤❤
 
Claro, vamos sim. *-* Que horas?
 
Ah slá, umas 16h00... Tá bom?
 
Tá ótimo. Estou ancioso... ❤❤❤❤
 
Owwnn.. Tbm estou! ❤

Continuei conversando com ele, então descemos. Ryan e Chaz estavam jogando vídeo game, e Justin e Chris apenas assistiam. Justin me viu e sorriu, então bateu em sua perna, indicando para eu sentar ali, então assim eu fiz.

Sentei-me entre as pernas dele e coloquei minha cabeça na volta de seu pescoço. Seu cheiro invadia meu nariz fazendo eu sorrir, estava com tanta falta dele.

Você: Não quer fazer algo melhor? - Sussurrei em seu ouvido e apertei seu membro. Ele suspirou e seus pelos se ouriçaram.

Justin: Quero muito. - Ele respondeu num sussurro. - Vamos subir? - Ele perguntou alisando minha coxa e eu assenti.

Levantei-me do colo dele e subimos sem falar na com o pessoal, enquanto estávamos no corredor, Justin já me agarrava e me beijava loucamente.

14.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 63✌


(seunome) P.O.V

Ficamos nos curtindo e ouvimos alguém bater na porta do quarto, nos entreolhamos assustados e meu coração disparou. 

- (seunome), você esta ai? - Ouvi a voz de Jas.

Justin: E agora? - Ele perguntou rápido e num sussurro.

Você: Vai para o banheiro. - Eu sussurrei levantando-me de cima dele e arrumando minha roupa.

Olhei para o quarto e Justin já tinha sumido, ri da situação e fui até a porta. Virei-me para o espelho e certifiquei-me de que estava tudo certo e abri a porta dando de cara com Jas e Cait com a maior cara de bunda.

Cait: Que demora pra abrir uma porta. - Ela disse desconfiada. - Tem mais alguém aqui?

Você: O vento conta?

Elas entraram no meu quarto e sentaram na cama, sabia que a conversa ia demorar e Justin teria que ficar um bom tempo no banheiro.

Jas: Mas então, o que esta acontecendo?

Você: Como assim?

Jas: Hoje no taxi, lembra?

Você: Bom... - Eu suspirei. - Eu e Timberlake terminamos.

Cait: Por causa do Justin, né?

Você: Talvez...

Jas: Como assim talvez? Tá obvio que você terminou com o Timberlake só para ficar com o Justin.

Você: Mas eu não estou com o Justin.

Cait: Porque não quer. - Eu suspirei. Odeio mentir para elas.

Você: Podemos conversar daqui a pouco?

Jas: Para de tentar fugir dessa conversa, (seunome).

Você: É rapidinho, já vou descer.

Cait: Vamos, Jas.

Jas: Não Cait, senão ela não vai nos contar nada.

Cait: Jas...

Jas: Tá bom, tá bom.. - ela respondeu rendendo-se. - Mas você não vai escapar dessa conversa.

Eu assenti e elas saíram do quarto. Tranquei a porta e fui até o banheiro e abri a porta, mas não tinha ninguém ali.

Você: Cadê você, Jus? - Eu perguntei voltando para o quarto e vi ele limpando a roupa com as mãos.

Justin: Me chamou?

Você: Você não estava no banheiro?

Justin: Não, eu estava embaixo da cama.

Você: Por que você não foi para o banheiro?

Justin: Porque... - Ele pausou e espirrou. - Ai merda, acho que foi a poeira. - Justin disse e espirrou mais uma vez.

Você: Falei para você ir pro banheiro. - Ele olhou-me. - Temos que contar a verdade para o pessoal, não vamos conseguir manter esse segredo.

Justin: Mas só eles podem saber, porque se a mídia souber, estamos fudidos.

Você: Eu sei... - Eu suspirei.

Narrador P.O.V

Todos os amigos de (seunome) e Justin estavam sentados no sofá da sala conversando, até que um deles puxaram um assunto um pouco polemico.

Jas: Eu acho que esta acontecendo alguma coisa entre os dois.

Chaz: Eu também acho, eles estão muito próximos desde o casamento de Brit.

Cait: Não acredito que eles estão escondendo isso da gente.

Ryan: Acho que devemos dar um tempinho para eles. Eu sei que logo eles irão nos contar o que esta havendo.

(seunome) P.O.V

Você: Pronto? - Eu perguntei a Justin.

Estávamos na ponta da escada, prestes a descermos e contar tudo o que tivera acontecido, para o pessoal.

Justin: Não muito... - Ele pausou. - Eles são pior que nossos pais juntos.

Gargalhamos e descemos devagar fazendo todos eles nos olharem. Meu rosto queimou de vergonha e meu coração acelerou, eles iriam nos matar por não termos contado nada a eles.

Chris: Por que vocês estavam lá em cima? - Ele perguntou fazendo uma cara confusa.

Você: Precisamos falar com vocês, mas isso tem que ficar só entre a gente, ok? - Todos eles assentiram. - Ér...

Justin: Eu e a (seunome) estamos juntos. - Ele disse me interrompendo, então o olhei incrédula.

Você: Justin! - O repreendi e ele riu. Todos eles sorriram.

Jas: Que ótimo! Estava mesmo esperando por esse noticia...

Chaz: Eu sabia que isso logo ia acontecer...

Ryan: Não disse... - Ele disse sorrindo e indo para a cozinha com uma cerveja na mão.

Você: O que ele disse?

Cait: Nada não, amiga. Mas, estou muito feliz por vocês.

Chris: Mesmo o Justin sendo essa coisa horrorosa e a (seunome) uma perfeição, eles formam uma casal foda.

Jas: Chris, para de ser safado! Eu estou aqui, porra. - Rimos dela.

Chris: Desculpa amor. - Ele a selou.

Justin: Eu não sou uma "coisa" e muito menos "horrorosa". - Ele disse incrédulo nos fazendo rir.

Chris: Felicidades ao casal! - Ele disse levantando a latinha de cerveja em sua mão, e ignorando Justin.

Justin: Mas gente, isso não pode sair daqui, pelo amor de Deus. - Eles assentiram. - Vou pegar uma bebida, quer algo amor? - Ele perguntou-me.

Você: Quero não amor, obrigada. - Sorrimos e ele selou-me.

Chaz: Vocês são melosos demais, mas eu estava com saudade disso. - Rimos dele.

Você: Obrigada amor. - Eu disse sentando-me ao lado de Chaz e o abraçando em seguida.

Justin P.O.V

Fui para a cozinha na maior felicidade do mundo e encontrei Ryan cantando e fazendo algo no liquidificador, comecei a rir. Assim que ele notou que eu estava ali e rindo dele, ele mandou-me o dedo do meio.

Justin: Ai Ryan, você precisa investir nessa sua carreira musical. - Eu disse gargalhando mais ainda.

Ryan: Cala a boca cantorzinho de Baby. - Ele sorriu vitorioso.

Justin: Assim você magoa meus sentimentos. - Eu disse fingindo esta ofendido. Ele riu. - O que você tá fazendo, doido?

Ryan: Sei lá, uma espécie de vitamina.

Justin: Eu quero! - Eu disse aproximando-me dele para pegar um pouco da vitamina.

Ryan: Sai pra lá dude... - Ele disse correndo de mim com o copo do liquidificador na mão.

Justin: Cóe, divide ai loiro falsificado.

Ryan: Falsificado é seu pinto. - Ele disse normal, e logo gargalhamos. - Perae, deixa eu pegar o meu primeiro.

Justin: O quê? Seu pinto? - Ele olhou-me com cara de bunda. - Que foi?

Ryan: É a vitamina que eu vou pegar né besta.. - Eu ri.

Justin: Foi mal, hoje eu tô meio bugado. - Ryan riu.

Ryan colocou vitamina pra ele e eu coloquei pra mim, então voltamos para a sala. Sentei-me ao lado de (seunome) e Ryan ao meu lado.

Jas: Nossa Ryan, cerveja e depois vitamina? - Rimos.

Justin: Verdade, Jas. Parece doido...

Ryan: Ah, vão se fude vocês dois, eu hein.. - Ele disse e sorriu. Rimos novamente.

Você: Vamos na balada mesmo? - Ela perguntou colocando seus braços em volta do meu pescoço. Eu sorri.

Cait: Sim amiga, todos nós já confirmamos, só falta você e Justin.

Você: Você vai amor?

Justin: Vou sim.

Você: Você vai ter uma surpresinha quando chegarmos.. - Ela sussurrou em meu ouvido. Eu arrepiei-me por completo.

Eu sorri de canto a canto e ela riu. Eu ia sussurrar algo de volta para ela, mas seu celular apitou. Ela olhou o seu celular e sorriu sem graça.

Justin: Quem é?

Você: É uma amiga. - Ela disse ainda sorrindo sem graça. 

(seunome) P.O.V

Sorri sem graça para Justin assim que ouvi meu celular apitar na intenção de avisar-me que tinha uma nova mensagem...

Continua...
E aai pessoas gostosas. u-u Tudo de boa com vcs? Eu tô bem... *-*  Desculpe por eu não ter postado ontem, fiquei sem expiração para ALAYLM. :/ Bom, quero dedicar esse capitulo ao Diego Veras, meu leitor divoso. ❤❤❤❤❤ Mas enfim.. Espero que vcs tenham gostado do capitulo. E quero agradecer pelo "Feliz Aniversário" que vcs me desejaram no capitulo 62 de ALAYLM. *----* Aahh não respondi os comentários ainda, mas ainda hoje eu irei responder.. Bezooos e amo vocês. *w* ❤ Continuo com 20 comentários.
Divulgando: http://thoughts-of-a-belieber.blogspot.com.br/
Divulgando: http://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-one-direction-over-again-1348116

12.12.13

Be Alright (2° Temporada) - Capítulo 4 ❤

 AVISO: Amores, contem GIFs HOTs, então para terminar de ler o capitulo, click em "Leia mais". Mais avisos nas notas finais (leiam lá, por favor). Boa leitura! :p
(seunome) P.O.V
 
Acordei e vi que estava marcando 10h40. Levantei-me e fui até o quarto vê as crianças, e eles estavam dormindo ainda, amém. Desci e caminhei até a cozinha e vi a mesa pura, eu esquecera de fazer o café da manhã de Justin. Xinguei-me mentalmente e fui acordar as crianças pra se arrumarem para a escola.
 
{...}
 
Cheguei na escola, mandei as crianças irem para a sala deles e fui até a sala de Justin com dois cappuccino que eu tivera comprado no Starbucks.
 
Abri a porta e vi Justin colocando uns livros dele na prateleira. Ele olhou-me e sorriu. Tranquei a porta como eu sempre fizera, e fui até Justin o selando.
 
Você: Me desculpe por não ter feito seu café da manhã? - Eu perguntei dando um cappuccino a ele. Ele sorriu.
 
Justin: Esta tudo bem, eu comi aqui na escola.
 
Sentei-me no sofá que tivera na sala e fiquei bebendo meu cappuccino, ele então aproximou-se e sentou-se ao meu lado.
 
Você: Tem quanto tempo que a gente não transa? - Ele suspirou.
 
Justin: Dois meses.
 
Você: Você esta necessitado, né!? - Ele ficou quieto por uns segundos, mas logo assentiu. - Eu também estou. - Eu disse levantando-me do sofá.  

11.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 62✌


(seunome) P.O.V

Quando chegamos ao aeroporto, apenas nos abraçamos, mas percebi que ele ainda estava triste comigo.

Peguei meu celular e mandei uma mensagem para ele:
 
Vai ficar triste comigo? Me desculpa, vai!? Te amo muito.

Olhei Justin e ele tinha acabado de ler a mensagem e deu um leve sorriso e me olhou, eu sorri.

 Tudo bem. Te amo. ❤
 
Tudo bem mesmo?
 
Sim, por quê?
 
Sei lá, você foi tão "seco" agora.
 
kkkkkk Para, boba! Esta meio difícil de te mandar mensagem, Ryan e Jas estão na minha cola. ¬¬'
 
kkkkk Tá bom amor, depois a gente se fala.

 VOCÊ ME CHAMOU ME AMOR? SÉRIO ISSO? NÃO ESTOU SONHANDO?
 
kkkkkk Para com isso, besta. S2 hahaha ❤❤❤
 
Depois a gente se fala AMOR. hahaha Te amo. ❤❤❤❤❤

Olhei discretamente para Justin e ele estava sorrindo, sorri com o sorriso dele. Apaguei as mensagens para não correr o risco de ninguém ver e fiquei quieta comendo meu Doritos e tomando minha coca enquanto o voo não chegava.

Depois de longos minutos, chamaram o nosso voo, então levantamos e fomos para a cabine. Eles guardaram nossas malas e entramos no avião. Sentamos na devida ordem: Jas e Chris; Cait e Chaz; Ryan e eu; Justin e uma senhora que não conhecemos.

Ryan: Acho que o Justin se deu bem. - Ele caçoou rindo. Eu ri.

Justin: Eu ouvi, Ryan. - Gargalhamos mais ainda.

Eu coloquei meu fone de ouvido e estava tocando Hey Brother - AVICII. Fiquei cantarolando as musicas da playlist e logo dormi.
 
Justin P.O.V

Nada contra as senhoras de idade, mas eu estava quase trocando de lugar por estar ao lado daquela velha chata. Ela enchia a minha cabeça falando coisas que eu nem entendi. A única coisa que eu entendi, foi que a neta dela de 10 anos era Belieber, então dei um autografo e virei-me para o lado da janela fingindo que estava dormindo, mas logo dormi de verdade.

- Justin, acorda. - Alguém sussurrou em meu ouvido e eu sorri, mas fechei a cara pensando na possibilidade de ser a velha chata.

Abri meus olhos rapidamente e virei-me para o outro lado, deparando-me com a (seunome) sorrindo. Por que tão perfeita, senhor? Eu sorri.

Justin: Que foi? - Eu perguntei calmo.

Você: Já chegamos, só nós dois estamos no avião. - Ela soltou uma leve gargalhada. Segurei a cintura dela e a puxei para mais perto. - Para Jus, vamos descer, todos estão nos esperando.

Justin: Quero o meu beijinho, ainda não o recebi até agora.

Ela riu e aproximou seus lábios do meu. Demos um selinho demorado, mas logo se tornou um beijo calmo e sem segundas intenções. Encerramos o mesmo com dois selinhos calmos e demorados.

Você: Vamos? - Eu assenti.

Levantamos da poltrona e descemos encontrando o pessoal em pé nos esperando. Pegamos nossa mala e fomos até eles.

Jas: Nossa, até que enfim.

Você: Quem disse que é fácil acordar o Justin? - Eles riram e eu a olhei incrédulo. - Borá gente? Estou louca para conhecer a casa.

Fomos caminhando até o estacionamento do aeroporto para esperarmos um táxi, que não demorou muito. (seunome), Chaz, Jas e Cait foram em um, e eu e os meninos fomos em outro.

(seunome) P.O.V

Estava conversando com o pessoal no taxi e meu celular tocou, olhei e vi que era o Timberlake.

- Oi amor.
-Você: Oi, tudo bem?
Timberlake: Tudo, e você?
Você: Bem.
Timberlake: Aconteceu alguma coisa?
Você: Talvez...
Timberlake: O que houve?
Você: Em que lugar você está?
Timberlake: Estou em Las Vegas, por quê?
Você: Deixa quieto.
Timberlake: Você esta começando a me deixar preocupado. - Eu suspirei.
Você: Me liga hoje a noite.
Timberlake: Tá bom.
Você: Depois a gente se fala, tchau.
Timberlake: Tchau amor.

Desliguei a ligação um pouco nervosa, eu tinha que conversar com ele, eu não queria ficar traindo-o. Fui despertada de meus pensamentos com Jas me chamando.

Você: Diz...

Jas: O que houve? Você esta com uma cara de preocupação.

Você: Nada, é que o Timberlake me ligou.

Jas: Aconteceu alguma coisa?

Você: Não. - Ela olhou-me desconfiada.

Jas: Aconteceu alguma coisa, né!? Eu te conheço...

Você: Lá a gente conversa.

Jas: Ok.

Não demorou muito e chegamos a casa, que era perfeita. Cada um decidiu em que quarto ficaria, fui para o "meu" quarto e era simplesmente perfeito.

Eu estava penteando meu cabelo enfrente ao espelho e vi Justin entrar no quarto. Ele trancou a porta rapidamente, e veio até a mim, abraçando a minha cintura.

Você: Que foi, hein?

Justin: Gostou do quarto?

Você: Eu amei, e você?

Justin: Esse quarto é foda! Poderíamos estrear, não acha que é uma boa ideia?


Você: Não, eu não acho. - Eu disse e soltei uma leve gargalhada.

Justin: Não mesmo? - Ele perguntou beijando meu pescoço.

Você: Pa-pa-para, Jus.. - Eu disse gaguejando e com a respiração falha.

Justin: Qual é gata, eu sei que você quer.

Justin virou-me para ele e atacou meus lábios, eu cedi sem pensar duas vezes. Ele segurou minha cintura com força e foi guiando-me até a minha cama ainda me beijando, ele jogou-me na mesma e atacou meu pescoço.

Encerramos o beijo por falta de ar e eu consegui inverter a posição, ficando por cima dele.

Você: Esta necessitado né?


Justin: Já pode parar com essas provocações.

Você: Eu não estou fazendo nada.

Justin: Mas eu te conheço... Você gosta de me provocar até meu pau ficar duro ao ponto de quebrar. - Eu gargalhei.

Ele ia falar algo, mas meu celular tocou. Rolamos os olhos e peguei meu celular, vendo que era o Timberlake. Suspirei e atendi.

- (seunome)?
Você: Oi!? - Eu disse e tapei a boca de Justin com a minha mão antes que ele falasse algo.
Timberlake: Pode conversar agora?
Você: Ér... Posso.
Timberlake: Me diz o que você queria me falar?
Você: Eu não queria te falar isso por telefone, mas não tem outro jeito.
Timberlake: Diz então...
Você: Olha, você foi um ótimo namorado durante todo esse tempo, mas não da mais.
Timberlake: O QUÊ? Como assim não da mais?
Você: Não da mais, Timberlake. Você é um cara muito bacana, você vai encontrar alguém que você merece.
Timberlake: Eu gosto muito de você.
Você: Eu sei, mas eu não quero te iludir.
Timberlake: Estamos esse tempo todo juntos e você fingiu gostar de mim?
Você: Não, claro que não. Mas eu não te amo, eu apenas gosto de você. - Ele suspirou.
Timberlake: Você não sabe o quanto essas palavras estão me machucando.
Você: Eu imagino, eu também já passei por isso.
Timberlake: Você esta com o Bieber, né? - Meu coração parou por um instante. - Hein?
Você: Como assim? Claro que não.
Timberlake: Eu sei que durante esses dias que você esta no Canadá, ele fez você perdoa-lo mesmo depois de tudo o que ele te fez.
Você: Você esta me magoando.
Timberlake: Eu entendo o seu lado, então seja feliz, (seunome) Parker. - Ele disse rude.
Você: Eu não quero ser sua namorada, mas isso não quer dizer que não podemos ser amigos.
Timberlake: Muito clichê. - Eu suspirei. - Até mais, (seunome).

Ele desligou a ligação antes que eu falasse algo. Sai de cima de Justin suspirando nervosa e sentei-me num sofá que tinha no quarto.

Justin: Cara, você esta livre, você terminou com ele. - Ele disse com um sorriso maior que o rosto. - Agora é só eu e você, sem ninguém para nos atrapalhar.

Você: Eu estou com pena dele.

Justin: Fala sério (seunome). - Disse e rolou os olhos.

Você: Eu gosto dele. - Justin olhou-me sério. - Não como namorada, mas como amiga.

Justin: Ele vai superar e vai encontrar outra garota. E além do mais, se ele gosta mesmo de você, ele vai ter que entender que sou eu que te faço feliz de verdade. - Disse sentando ao meu lado. Justin segurou as minhas pernas e aproximou-me dele.


Em seguida, aproximou nossos lábios. Em poucos segundos já estávamos nos beijando, era um beijo calmo e com desejo.

Justin: Você devia estar feliz por nós dois. - Ele disse assim que encerramos o beijo com um selinho demorado.

Você: E eu estou. - Eu sorri de lado.

Justin: Mas não parece...

Você: É que sei lá, parece que a minha vida esta se repetindo.

Justin: Como assim?

Você: Antes, eu larguei o David por você. E, agora, eu larguei o Timberlake por você. - Justin deu um longo suspiro.

Justin: Vamos deixar o passado de lado, por favor. Vamos tentar viver nossa vida juntos novamente, sem obstáculos. - Ele selou-me e eu assenti.

Você: Desculpe-me.

Justin: Pelo quê?

Você: Por ficar te lembrando o passado.

Justin: Tudo bem, eu te entendo. - Ele disse e beijou a minha testa.

Ficamos nos curtindo e ouvimos alguém bater na porta do quarto, nos entreolhamos assustados e meu coração disparou.

Continua...

heey amores, tudo bem? eu estou bem... Amoress, hoje eu estou fazendo 15 aninhos. Parabéns para eeuuu! \ô/ *-* hahahaha E ai, gostaram do capitulo? O que acham q vai acontecer no próximo? E, será quem é q bateu na porta? ueheuheueh No próximo capitulo vcs saberão. Aahhh, vcs pediram tanto p que eu fizesse a (sn) e o Timberlake terminarem, que eu fiz isso. uehuehueheuh u_ú Espero que tenham gostado do capitulo. Amo vsssssss! <3333333333333 Bezoos! s2 Continuo com 20 comentários.

10.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 61✌


(seunome) P.O.V

Acordei com meu celular tocando, olhei e vi que era a Cait.

Você: Fala minha bitch gostosa. Bom dia!
Cait: Boa tarde né gata, já são 14h00.
Você: Nossa, isso tudo?
Cait: Pois é.. Mas então, ontem você sumiu da festa e hoje você esta com um ótimo humor, o que aconteceu?
Você: Nada ué, só estou feliz.
Cait: E por acaso essa felicidade tem nome?
Você: Timberlake.
Cait: Não tente me enganar, Senhorita Parker.
Você: Oshe, que foi mulé?
Cait: Eu sei que você e Justin estão de bem.
Você: De onde você tirou isso?
Cait: Bom, vamos lá: Primeiro: Vocês dois somem do nada na festa, segundo: Vocês dois estão com ótimo humor.
Você: Isso não quer dizer nada.
Cait: Ah, me esqueci: Antes de vocês sumirem da festa, vocês estavam conversando. - Ficamos em silencio. - Amiga, confia em mim, não vou contar para ninguém.
Você: Eu apenas o perdoei.
Cait: Não rolou algo a mais? Tipo um beijinho?
Você: Não. - Sim, obvio, é lógico.
Cait: Não mesmo?
Você: Não, eu apenas o perdoei, não rolou mais nada. - Menti mais uma vez.
Cait: Se você esta dizendo... Mas saindo desse assunto, eu estou te ligando para a gente ir hoje para o Hawaii, que tal?
Você: Tá brincando? - Eu perguntei animada.
Cait: Não.
Você: E em que casa vamos ficar? E ah, vamos ficar lá quantos dias?
Cait: Alugamos uma casa de praia pela internet. Estamos querendo ficar 3 ou 4 semanas.
Você: AI MEU DEUS, QUE TUDO! - Eu gritei animada. Levantei-me da minha cama e fui direto para o meu closet. - Todos vão?
Cait: Sim, só falta você confirmar.
Você: Claro que eu vou, já estou arrumando as minhas coisas. - Rimos.
Cait: Não vejo a hora de chegar lá.
Você: Vamos ir que horas?
Cait: Daqui três horas temos que ir para o aeroporto.
Você: E as passagens?
Cait: Os meninos já estão indo comprar.
Você: Então tá.
Cait: Vou desligar gata, até no aeroporto.
Você: Tá bom, beijos.
Cait: Beijos.

Desliguei a ligação, joguei meu celular em algum lugar do closet e já fui logo fazendo as malas. Fiz um coque em meu cabelo e desci ainda de pijama. Ouvi uma falação não muito alto vindo da cozinha, olhei e vi Justin e Lizzy conversando, sorri.

Justin: Bom dia. - Ele sorriu.

Lizzy: Boa dia, querida.

Você: Bom dia. - Eu disse sorrindo. - O que você esta fazendo aqui, maluco?

Justin: Vim te fazer uma pequena surpresa.

Você: Justin e suas surpresas. - Sorrimos.

Justin: Não vai me dar nenhum beijinho? - Eu olhei para Lizzy.

Lizzy: Eu já sei de tudo, não se preocupe. - Eu sorri e ela também. - Se quiser, eu saio daqui para vocês ficarem a vontade.

Você: Não Lizzy, pode ficar. - Eu sorri.

Justin: Mas e então... Estou esperando meu beijinho.

Você: Vai ficar esperando. - Disse dando de ombros e ele olhou-me sério.

Mesmo nós dois ficando na noite anterior, eu estava um pouco desacostumada a beija-lo toda hora. Mas nem era por causa disso, era também porque eu estava sentindo um peso por eu ter traído o Timberlake. Eu não o amo, mas eu gosto dele. Ele é um cara legal e faz tudo por mim.

Justin: Que foi, aconteceu alguma coisa?

Você: Não. Você vai para o Hawaii, né!?

Justin: Vou, e você?

Você: Vou também. Lizzy, cadê meu pai e minha mãe?

Lizzy: Seu pai só volta a noite, e sua mãe deve chegar daqui a pouco.

Você: Sorte sua, Justin.

Justin: O quê?

Você: Meu pai não quer te ver nem pintado de ouro.

Justin: Por quê?

Você: Preciso mesmo dizer? - Ele suspirou.

Lizzy: O pai da (seunome) é muito cabeça dura, ele acha que ninguém merece uma segunda chance.

Você: Verdade. Ele nem pode sonhar que ficamos ontem e que você esta aqui em casa.

Justin: É muito ruim isso, sabia?

Você: Você que escolheu isso, você sabe.

Justin: Já estou arrependido, não precisa ficar jogando na cara.

Você: Não estou jogando na cara. - Ele suspirou.

Justin: Quer saber... - Ele suspirou. - Até daqui a pouco no aeroporto, Parker.

Ele levantou-se da mesa e saiu da cozinha. Eu o chamei e ia atrás dele, mas Lizzy segurou-me.

Lizzy: Calma, querida.

Você: Eu sempre faço merda. Ele veio aqui todo gentil me fazer uma surpresa, e olha como eu o tratei. - Eu disse deixando uma lagrima cair de meus olhos.

Lizzy: Isso é só uma questão de tempo. - Ela disse abraçando-me. - Você só precisa se acostumar com a presença dele novamente, e também precisa tentar esquecer o passado.

Justin P.O.V

Eu estava saindo da casa de (seunome) e a ouvi me chamar, mas fingi não ouvir. Entrei em meu carro e fui para a casa de meus avós.

Justin: Porra, tento fazer uma coisa legal, mas ela sempre estraga. Caralho, eu já disse que estou arrependido e ela continua com essas palhaçadas. - Eu disse sozinho e batendo a porta do meu quarto com força.

Minha mãe deu um grito no primeiro andar e eu ignorei, apenas deitei-me, mas logo levantei e fui arrumar a minha mala para ir pro Hawaii. Meu celular tocou assim que ia entrar no banho, olhei e vi que era Chaz.

Justin: Que foi?
Chaz: Que mau humor é esse?
Justin: Que foi, caralho? - eu perguntei num tom mais alto.
Chaz: Eu ia falar para você vim aqui pra casa pra gente ir para o aeroporto comprar as passagens, mas fique ai com o seu mau humor. - Eu suspirei.
Justin: Tá tudo dando errado na minha vida, então pode parando com esse papo gay. - Ele riu. - É sério, caralho.
Chaz: Se você for no aeroporto comigo e com os meninos, vem logo.
Justin: Vou tomar banho e já passo ai.
Chaz: Beleza.
Justin: Vlw.

Desliguei a ligação, joguei meu celular na cama e me despi, entrando no banheiro em seguida. Tomei um banho bastante demorado, quando sai, vesti-me assim:
sem a touca
Passei meu perfume preferido, coloquei meu relógio e meu cordão de ouro, arrumei meu topete e estava pronto. Desci encontrando minha mãe e minha avó sentadas no sofá conversando.

Pattie: Que gracinha foi essa?

Justin: Que gracinha?

Pattie: Você chegou e nem falou comigo e com a sua avó, e você bateu a porta do seu quarto. O que esta acontecendo?

Justin: Minha vida é uma merda. Simples, né?

Pattie: Hoje cedo você estava tão feliz, parecia que tinha visto um anjo, mas agora esta transformado.

Justin: Mãe, eu não quero falar sobre isso.

Pattie: Mas...

Justin: Por favor mãe. - a interrompi com calma.

Pattie: Tudo bem. - ela suspirou. - Você vai que horas para o Hawaii?

Justin: Acho que daqui umas três horas. Estou indo comprar as passagens com os meninos.

Pattie: Tá bom então.

Dei um beijo na testa da minha mãe e da minha avó. Fui para a garagem, peguei meu carro, entrei no mesmo e dei partida para a casa de Chaz.

(seunome) P.O.V

Já estava quase na hora de ir para o aeroporto, então tomei meu banho e vesti-me assim:

Deixei meu cabelo solto, passei meu perfume e estava pronta. Meus pais não estavam querendo muito que eu fosse, queriam que eu passasse mais tempo com eles, mas a Lizzy diva conversou com eles e eles liberaram.

{...}

Eu já estava no aeroporto com o pessoal, estávamos todos sentados esperando o nosso voo. Eu estava sentada na ponta e Justin no meio de Jas e Ryan. Quando chegamos ao aeroporto, apenas nos abraçamos, mas percebi que ele ainda estava triste comigo.

Peguei meu celular e mandei uma mensagem para ele:
 
Vai ficar triste comigo? Me desculpa, vai!? Te amo muito.

Continua...

ooooi ooi amoress, tudo bem? Estou bem. \o/ Hoje mais cedo eu estava passando mal, mas agr estou melhor. :) Antes de brigarem cmg por causa do Jus e da (seunome) terem essa pequena briga, eu qro dizer que foi pq uma leitora pediu, então.. ;) Espero que vcs tenham gostado do capitulo. Bezos! <3 Continuo com 20 comentários.

9.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 60 ✌

 
 
Justin P.O.V

Ryan: Justin?
Justin: Que foi?
Ryan: Por que esta de mal humor?
Justin: Eu estava num ótimo momento e você me interrompeu.
Ryan: Estava comendo alguma gostosa? - Ele perguntou fazendo eu rir.
Justin: Não, Ryan.
Ryan: O que você estava fazendo então?
Justin: Esquece. O que você quer?
Ryan: Eu sei o que você estava fazendo.
Justin: Cala a boca idiota, diz logo o que você quer.
Ryan: Ah, sei lá, é meio estranho você e a (seunome) sumirem do nada. - Eu olhei assustado para (seunome) e ela olhou-me confusa.
Justin: Viaja não dude, você sabe que ela não quer me ver nem pintado de ouro.
Ryan: Uhum, sei. E aonde você tá?
Justin: Estou... Ér... - Eu suspirei. - Eu estou no jardim.
Ryan: Fazendo o quê? Se esqueceu que seu pé esta quebrado?
Justin: Mas eu consigo andar sozinho.
Ryan: Ah consegue sim...
Justin: Mas o que você quer?
Ryan: Nada. Quando você quiser ir embora, é só avisar.
Justin: Tá bom, vai se divertir.
Ryan: Só mais uma pergunta...
Justin: Que foi Ryan. - Rolei os olhos.
Ryan: Você esta sozinho ai?
Justin: Estou. - Menti.
Ryan: Não preciso me preocupar com aquela parada, né!? - Ele se referia as drogas.
Justin: Não Ryan, não precisa.
Ryan: Tá bom então, depois a gente se fala.
Justin: Ok, tchau.

Desliguei a ligação e guardei meu celular no bolço de minha calça.

Você: Ele não desconfiou de nada, né?

Justin: Não, ele é meio tapado.

Você: Justin! - Ela repreendeu-me e rimos.

Aproximei meu corpo ao dela com um pouco de dificuldade e segurei sua cintura, fiquei encarando seus lindos olhos verde com mel.

Justin: Como você pode ser tão perfeita?

Você: O quê? - Ela perguntou rindo. Droga, pensei alto.

Justin: Desculpe, eu pensei alto. - Eu sorri um pouco sem graça e ela sorriu.

Você: Parece que esse é o primeiro dia que nos beijamos.

Justin: Esta igual quando nós nos beijamos no jardim de Jas.

Você: É. - Rimos. - Eu não queria estragar esse momento perfeito, mas eu preciso te fazer uma pergunta. - Ela suspirou nervosa.

Justin: Tudo bem, pode perguntar.

Você: Ér... Ontem quando você foi falar comigo e caiu na piscina, você estava drogado? - Eu suspirei fazendo-a me olhar mais nervosa ainda, então soltei um pequeno riso e ela olhou-me incrédula.

Justin: Eu estava normal. Eu não uso mais isso, não precisa se preocupar.

Você: Não mesmo?

Justin: Confia em mim. - Eu disse colocando uma mexe do cabelo dela atrás de sua orelha. - E o gayberlake? Você vai continuar com ele?

Você: Podemos falar de outra coisa?

Justin: É sério (seunome), eu não quero te dividir com aquele loiro falsificado.

Você: Justin! - ela repreendeu-me.

Justin: Que foi?

Você: Ele não é loiro falsificado. - Eu rolei os olhos.

Justin: Pra mim ele é tudo de ruim, principalmente um péssimo namorado para você.

Você: Ele é um cara legal.

Justin: Mas você não ama ele. - Ficamos em silencio por alguns segundos. - Vocês já transaram?

Você: Estou começando a achar que você esta drogado. - Ela disse incrédula. Eu ri.

Justin: Só quero saber o que aconteceu durante esse tempo que ficamos separados.

Você: Você podia ser mais discreto.

Justin: Discreto não combina comigo.

Você: Percebi. - Ela riu.

Justin: Mas então... Rolou ou não?

Você: Rolou algumas vezes. - Ela disse depois de uns segundos em silencio.

Justin: Fala sério, tenho certeza que ele não aguentou sua potencia. - Eu disse normal. Ela olhou-me incrédula e rimos.

Você: Ele é bom na cama.

Justin: Tá, não quero saber detalhes.

A verdade é que eu queria ouvir um "não", mas eu teria que me conformar que a minha garota foi para a cama com outro.

Você: E você e a cabeçuda?

Justin: Não chama ela de cabeçuda.

Você: Se eu não posso defender o Timberlake, você também não pode defender aquela cabeçuda magrela. - Eu gargalhei. - Já te falei que odeio ela? - Eu ri novamente.

Justin: Já fui para a cama com ela, mas você sabe que você é a melhor, né!? - Eu disse e passei minha mão de leve em sua coxa. Ela sorriu.

Você: Eu sei que eu sou a melhor.

Justin: Você é muito convencida, sabia? - Eu disse sorrindo e aproximando nossos lábios.

Você: Aprendi isso com você, gatinho.

Sorrimos e pude novamente sentir nossos lábios grudados novamente. Que saudades daquele lábio carnudo e rosado.

 Encerramos com selinhos. Por incrível que pareça, eu não estava querendo fode-la loucamente - não naquele momento-, aquele momento estava sendo especial para nós dois, queríamos aproveitar cada minuto ali, juntos.

Você: Estou com saudades de certas coisas, e você? - Ela sussurrou sexy em meu ouvido assim que partimos o beijo.

Pronto, o que eu tivera pensado que estávamos apenas em um momento muito romântico, acabou naquele instante. Eu suspirei assim que senti meus cabelinhos se arrepiarem, era incrível como ela tinha o poder sobre mim.

Justin: Preciso mesmo responder? - Eu sorri malicioso e ela soltou uma leve gargalhada. - Você não tem ideia do quanto eu te amo.

 
Você: Te amo muito.

(seunome) P.O.V
 
Dia Seguinte...

Acordei com meu celular tocando, olhei e vi que era a Cait.

Você: Fala minha bitch gostosa. Bom dia!
Cait: Boa tarde né gata, já são 14h00.
Você: Nossa, isso tudo?
Cait: Pois é.. Mas então, ontem você sumiu da festa e hoje você esta com um ótimo humor, o que aconteceu?
Você: ...

Continua...

Hey gatos e gatos sexys. <3 Tudo bem com vocês? Eu estou de boa. Bom, eu ia postar mais cedo, só que fiquei com preguiça. kkkk Não me matem por isso! u_u E bom, dia de domingo eu quase ñ posto, acho q vcs já perceberam isso. hahahahaha Ah, no capitulo anterior, eu perguntei se vcs queriam partes hots com gifs, e a maioria disse que sim, então sinto mt as que ñ querem. :/ Pra flr a vdd, até eu prefiro com gifs. É mais legal.. slá nem sou safada kkkkkk E manooo, scrr, teve 35 comentários no capitulo anterior. Tô pirando aqui. <33333333 Muito obrigada gente, sério. s2 Espero que vcs tenham gostado do capitulo. Beijos e amo vocês. s2 Continuo com 20 comentários.

7.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 59 ✌


(seunome) P.O.V

Eu estava no quarto da Jas com as meninas, estávamos nos vestindo para o casamento da Brit. Eu já tinha tomado meu banho, feito maquiagem e cabelo, então peguei meu vestido em cima da cama e o vesti:
Calcei minha sandália, coloquei algumas joias e passei meu perfume. Depois de longos elogios meu e das meninas uma pra outra, descemos e vimos os meninos sentados no sofá. Eles nos olharam e abriram a boca num perfeito "O", sorrimos com aquilo. Meu olhar foi diretamente em Justin, ele estava tão lindo. Aquele terno preto destacando seus braços, seu cabelo loiro com um topete bem feito, e seus lábios carnudos sorrindo como nunca.

Eles levantaram e vieram nos cumprimentar, Justin veio até a mim e beijou minha bochecha e sussurrou um "Você esta perfeita!", fazendo meu coração acelerar.

Justin P.O.V

(seunome) desceu as escadas e parecia que eu estava em um sonho. Aquele vestido dourado caiu super bem nela, ela estava perfeita. Assim que os meninos levantaram para falar com as meninas, eu também levantei e dei um beijo de leve na bochecha da (seunome) e sussurrei um "Você esta perfeita!", fazendo ela soltar um leve sorriso. Eu estava chateado por ela ter mentido, mas ela tem um poder sobre mim que é incrível.

Eu não podia dirigir por causa do meu pé engessado, então iriamos no carro de Ryan. Fomos até sua Ferrari vermelha e eu entrei no banco da frente e (seunome) atrás, Ryan entrou no banco de motorista e ligou o carro, partindo dali em seguida.

Justin: Você sabe que um dia eu ainda vou dirigir sua Ferrari né?

Ryan: Você nunca vai dirigir ela.

Justin: Nunca diga nunca Ryan. -ele me olhou sério e eu ri.

Você: A menina que você vai entrar é bonitona Ryan.

Ryan: Poxa, eu ainda não vi.

Você: Ela é linda, você vai gostar dela.

Ryan: Vocês estão falando muito nela, chegar lá, deve ser um travecão. -ele disse meio desconfiado e eu e (seunome) caímos na gargalhada.

Justin: Não é traveco, confia em mim dude.

Ryan: Não, obrigado. -gargalhamos novamente e ele riu- Chegamos.

Meu coração disparou ao vê aquele tumulto de padrinhos na porta da igreja. Eu estava muito nervoso. Mesmo eu sendo cantor e sempre enfrentando públicos com mais de 100 mil pessoas, eu ficava nervoso.

Descemos do carro de Ryan e alguns olhares se voltarem para nós, devia ser porque eu e (seunome) estávamos juntos, e eles deviam estar curiosos se eu ela iriamos entrar juntos como padrinhos.  Fomos até os outros padrinhos e a organizadora disse que eu e Cacau seriamos os próximos a entrarem, então ficamos na devida posição.

Justin: Caralho dude, cadê sua mina?

Antes que ele falasse algo, veio uma gata até a gente. Sim, ela era gata mesmo.

- Ryan Butler? -ela perguntou tímida e Ryan nos olhou sorrindo malicioso, eu e (seunome) rimos.

Ryan: Sou eu.

- Prazer, sou a Lucy Hale, iremos entrar juntos.

Ryan: Ah sim, prazer Lucy. -ele deu um beijo na bochecha dela- Esse é o Justin Bieber e a (seunome) Parker.

Lucy: Prazer. -ela sorriu e Cacau retribuiu.

Justin: Prazer Lucy. -eu sorri.

- Agora é a vez de vocês. -disse a organizadora já quase nos empurrando dentro da igreja.

Suspirei várias vezes, (seunome) encaixou seu braço no meu fazendo eu suspirar mais uma vez, e entramos na igreja. Algumas pessoas nos olharam surpresos, mas sorrimos mantendo o foco.

{...}

Já estávamos na recepção, estávamos todos dançando. Quer dizer, menos eu. Eu estava sentado vendo todo mundo se divertir, até que a (seunome) se aproximou fazendo meu coração palpitar.

Você: Eu posso conversar com você? - Eu suspirei.

Justin: Sempre que a gente tenta conversar, acaba em briga. - Dessa vez, ela suspirou.

Você: Só me de uma chance de dizer tudo o que estou sentindo.

Justin: Acho que devemos desistir de tentar arrumar as coisas entre nós.

Você: Não seja orgulhoso, Justin.

Justin: Não sou... - Ela suspirou irritada. - Tá vendo, mal começamos a conversar e já estamos brigando.

Você: Não estamos brigando. - Ela disse incrédula.

Justin: Praticamente, sim.

Você: Justin, vamos conversar, por favor...

Justin: Não (seunome), eu não quero te ouvir.

Você: Mas você vai me ouvir.

Justin: Não se eu tapar meus ouvidos.

Você: Eu te amo seu idiota! - Ela disse irritada assim que eu ia tapar meus ouvidos.

Abaixei a minha mão e suspirei, mas não pude deixar meu sorriso escapar. A minha noite estava feita, ela ainda me amava, isso era a melhor coisa que podia ter acontecido na minha viagem.

Justin: Eu sinto a sua falta (seunome), eu não suporto mais ver você com o gayberlake. - Ela sorriu em meio a uma pequena gargalhada.

Você: Vamos para um lugar mais calmo?

Justin: Se esqueceu que eu estou com o pé quebrado?

Você: Eu te ajudo.

Eu levantei-me da cadeira e ela me ajudou, fomos para trás do salão aonde estava acontecendo a festa. Lá trás tinha um jardim e estava praticamente escuro, só tinha uma luz acessa, o que facilitava nossa conversa, porque assim, ninguém iria nos vê.

Sentamos no banquinho ao qual o pequeno poste de luz, refletia ali.

Justin: Diz...

Você: No dia da balada, eu não sabia que era você, só depois que eu virei-me que eu te vi.

Justin: Por que você me beijou?

Você: Eu não sei, eu estava com muitas saudades, eu não estava mais aguentando. Aquilo era uma tortura, eu precisa te sentir novamente.

Meu sorriso já não cabia em meu rosto, parecia que o mesmo tinha congelado. Eu estava tão feliz, não tenho palavras para descrever aquele momento.

(seunome) P.O.V

Justin: Mas eu te disse o quão estava arrependido, eu disse tudo o que sentia. Por que você não me perdoou?

Você: Eu estava com medo.

Justin: De que?

Você: De você me magoar de novo. - Meus olhos já se encontrara marejados. - Eu não queria passar por tudo novamente, então eu menti para você e para eu mesma. - Eu suspirei.

Senti a mão dele tocar meu rosto fazendo meus cabelos se ouriçarem. Justin fez um carinho em meu rosto com o seu dedão fazendo eu sorrir, ele também sorriu e aproximou nosso rosto. Eu já podia sentir sua respiração falha e seu hálito de menta, até que senti seus lábios carnudos e macios tocando os meus.

Encerramos o beijo pela falta de ar. Nossa testa ainda se encontrara encostadas, abrimos os olhos e sorrimos bobos. Justin me deu mais dois longos selinhos e ficamos nos encarando sorrindo.

Justin: Eu senti tanto a sua falta. - Ele suspirou. - Nem acredito que estamos aqui, nos beijando. - Sorrimos.

Você: Nem eu acredito...

Justin: Eu te amo muito (seunome). Eu preciso de você! - Ele dizia num tom um pouco desesperado.

Colei nossos lábios novamente na tentativa de mostra-lo que eu estava ali, somente para ele novamente. Justin então deu um beijinho na ponta do meu nariz fazendo eu sorrir.
 
O nosso momento romântico acabou assim que ouvimos o celular de Justin tocar. Ele suspirou irritado e tirou seu celular do bolço.

Justin: É o Ryan.

Justin P.O.V

Ryan: Justin?
Justin: Que foi?
Ryan: Por que esta de mal humor?
Justin: Eu estava num ótimo momento e você me interrompeu.
Ryan: Estava comendo alguma gostosa? - Ele perguntou fazendo eu rir.
Justin: Não, Ryan.
Ryan: O que você estava fazendo então?
Justin: Esquece. O que você quer?
Ryan: Eu sei o que você estava fazendo.
Justin: Cala a boca idiota, diz logo o que você quer.
Ryan: Ah, sei lá, é meio estranho você e a (seunome) sumirem do nada. - Eu olhei assustado para (seunome) e ela olhou-me confusa.
Justin: Viaja não dude, você sabe que ela não quer me ver nem pintado de ouro.
Ryan: Uhum, sei. E aonde você tá?
Justin: Estou... Ér...

Continua...

Hey amors, tudo de boa com vocês? Eu estou bem. Desculpe não ter postado ontem. Mas gente, tenho uma pergunta para vocês: Vocês querem parte hots com GIFs ou sem GIFs? Respondam, por favooor!! Espero que vocês tenham gostado do capitulo. E será o que o Justin vai falar hein!? Fudeu hein! kkkk Beijos e amo vocês. <3 Continuo com 20 comentários.
OBS: Leiam as minhas outras fics? Favorita e comenta também? Obrigada amorss. ❤❤❤
Fic Criminal/Hot: click aqui
Fic Hot: click aqui

5.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 58 ✌

 

(seunome) P.O.V
 
Eles jogaram um cobertor bastante grosso em cima de mim e Justin logo apareceu mancando e se sentou ao meu lado. Deram um cobertor a ele e ficamos todos quietos, eu sei que eles estavam esperando por respostas, mas eu não estava nem um pouco afim de falar detalhes por detalhes.

Justin: Eu acho que vou ter que ir no hospital.

Cait: Por quê?

Justin: Eu dei mal jeito no pé e cai na piscina, e lá dentro eu não estava conseguindo nadar. E meu pé esta doendo pra caralho.

Jas: Ele deve ter destroncado ou quebrado o pé.

Chris: Jura Jas!? -rimos.

Justin: Tem como um de vocês me levar? Só preciso de uma roupa emprestada.

Chaz: Borá lá em cima, minhas roupas cabem em você.

Justin assentiu e subiu com os meninos. As meninas se sentaram em um dos sofás e me olharam curiosas esperando por respostas.

Você: Vou para o hospital também, depois a gente se fala.

Cait: Você esta bem, o que você vai fazer lá?

Você: Vou ficar com o Justin.

Cait: Mas vocês não estão brigados?

Você: O que importa? -disse dando de ombros- Me empresta outra roupa Cait?

Cait: Aham.

Eu e as meninas subimos e fomos para o quarto de Cait, mas nos esquecemos que os meninos estavam lá vendo uma roupa para Justin.

Jas: Cadê o Justin?

Chris: No closet.

Você: Ele vai demorar muito?

Ryan: Não, ele só esta se vestindo.

Você: Então ele vai demorar. -eu disse encostando-me na parede, eles riram.

Justin é igual uma mulher para se vestir, não importa para aonde ele estiver indo, mas ele demora um século, ainda mais que ele estava com a perna quebrada ou destroncada, não sei.

Cait: Vai tomando seu banho enquanto isso amiga.

Eu assenti e tirei o cobertor de cima de mim, vi os meninos me olharem por completa, mas eles disfarçaram por conta da namorada deles que estavam ali, menos Ryan que era solteiro e sempre me cantou. Eu sorri de Ryan e entrei no banho.

Retirei a roupa molhada e a coloquei dentro do box, entrei no mesmo e liguei o registro sentindo a agua quente rolar pelo meu corpo. Ensaboei-me, lavei meu cabelo e terminei meu banho. Sequei-me com uma toalha que Cait deixara para mim no banheiro um pouco antes de eu acabar o banho. Sequei-me e vi que ela também deixara uma roupa em cima da tampa do vaso sanitário, então peguei-a e vesti-me:
Sequei meu cabelo com o secador dela que estava no banheiro e passei um batom rosa fraco, e estava pronta.

Você: Quem vai com a gente? -eu perguntei assim que sai do banheiro.

Ryan: Só vai você, Justin e Chaz, porque ele que vai levar vocês.

Você: Tá.

Justin: Não precisa ir (seunome).

Você: Vamos Chaz?

Chaz assentiu e saímos do quarto da Cait e fomos para o jardim. Os meninos ajudaram Justin entrar no carro e Chaz deu partida. Não demorou muito e chegamos ao hospital, Ryan e Chaz ajudaram Justin novamente e entramos no hospital. Eu preenchi a ficha e depois de um tempinho vieram chamar ele.

Dr.: Justin Bieber.

Justin: Aqui. -ele levantou o dedo.

Dr.: Você e mais uma pessoa.

Justin: (seunome), você pode vim comigo?

Eu assenti e o ajudei ir até a sala que o doutor nos guiou, era uma sala de raio-x.

Dr.: Sr. Bieber, deite-se ali para que possa tirar o raio-x.

Justin assentiu e deitou-se com um pouco de dificuldade, o doutor tirou o raio-x e Justin levantou-se e ficou sentado.

Justin: E então doutor?

Dr.: Vou entregar esse raio-x ao doutor Johnson para ele avaliar e logo venho com informação. Aguardem aqui por favor. -assentimos e ele retirou-se da sala.

Justin: Por que você veio para o hospital?

Você: Porque você caiu na piscina por minha causa. -menti.

A verdade era que eu estava um pouco preocupada e eu gosto de acompanhar o Justin, então inventei uma desculpa, mas não sei se ele acreditou.

Justin: Não foi por sua culpa.

Você: Você se aproximou de mim por que eu pedi, não foi? -ele assentiu- E quando você se aproximou, você caiu na piscina.

Justin: Você já retribuiu me tirando da piscina. Se você não estivesse ali, eu poderia ter morrido afogado.

Você: Não fala isso. -eu disse num murmuro e senti meus olhos marejarem, então suspirei.

Justin: Mas é a verdade.

Você: Eu me lembro do nosso beijo na balada.

Eu disse um pouco rápido e Justin me encarou rapidamente, obviamente ele tinha entendido o que eu falei. Eu apenas tinha me cansado de tentar evita-lo e quis seguir o conselho da Jas, ele também sofreu.

Justin: Por que você mentiu? -Ele perguntou incrédulo e seus olhos se encontravam marejados.

Você: Eu só queria te evitar.

Justin: Por que (seunome)? -ficamos em silencio- Eu sei que eu errei, mas eu já te pedi desculpas e disse que estou arrependido, você não sabe o quanto doeu ouvir aquilo e mais outras coisas que você me disse.

Você: Me perdoa. -deixei uma lagrima escapar.

Justin: Pedir perdão é fácil, mas não foi você que sofreu. -ele disse olhando para a janela do consultório-. Reconhece essa frase? -perguntou voltando o olhar para mim. Eu fiquei quieta e engoli a saliva- Doeu em mim também (seunome), pergunte a minha mãe e a Ryan e Chaz, eles sabem como eu fiquei durante todo esse tempo sem você. A única coisa que me ajudou, foi aquilo que eu te falei hoje.

E mais uma vez meu coração se partiu, mas dessa vez, foi por minha culpa. Como eu sou idiota! Se eu tivesse contado a verdade, nada disso estaria acontecendo. Justin não estaria no hospital por minha causa, não estaria sofrendo mais uma vez, e poderíamos estar juntos. E o Timberlake? Ele que se exploda, como a Jas disse: Não é ele que você ama. Eu ia abrir a boca para falar algo, mas o médico entrou no consultório. Eu e Justin enxugamos nossas lágrimas e o doutor começou a falar.

{...}

Chris: Já é um pato pra andar, ainda engessa o pé. -rimos.

Ryan: Amanhã é o casamento de Brit e Justin vai estar com esse pé engessado.

Justin: Caralho, é mesmo! O que eu faço agora?

Cait: Eu acho que da para você entrar assim mesmo, só que ao invés de você ficar em pé lá na frente assim como todos os padrinhos, você senta.

Jas: É, porque todos vão saber que você esta com o pé engessado, então não tem problema.

Estávamos todos na sala da Cait comendo pizza, já estava marcando 10h00, mas nem ligamos. Eu e Justin toda hora trocávamos olhares, e eu já estava decidida do que fazer assim que eu tivesse oportunidade, e quem sabe isso não acontecesse no casamento de Brit.

Continua...

hey amoors, tudo de boa na lagoa? eu estou bem. u.Ú Mas então, o que vcs acharam do capitulo? Gostaram? Espero que sim. O próximo capitulo tem tretas (eu acho), e o casamento da Brit. Êeeh! \o/  Puts, essa noite eu sonhei que eu abracei o Luan. Quem dera se fosse verdade. :/ Milla Gonçalves pediu que eu mandasse um beijo, então... Um beijo minha lindaaaaaaaaaaaaa! ❤❤❤ Beijos e amo vocês meus amorsss! <3 ❤ Continuo com 20 comentários.
OBS: Leiam as minhas outras fics? Favorita e comenta também? Obrigada gatas e gatos. ❤
Fic Criminal/Hot: click aqui
Fic Hot: click aqui


4.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 57✌

 

(seunome) P.O.V

 Eu tentava dormir mas eu não conseguia, rolava pra lá e pra cá na cama mesmo eu estando com muito sono. Olhei a hora e marcava 17h00. Ouvi o telefone residencial tocar várias vezes e ninguém atendia, então levantei-me da cama e desci até a sala e atendi.

Você: Alô?
- Você é a namorada do Justin?
Você: Quem esta falando?
- Meu nome é Claire, sou a secretária do hospital.
Você: O quê? Da para a senhora ser mais clara? Não estou entendendo nada.
Claire: Justin esta no hospital.
Você: Que Justin mulé?
Claire: O Timberlake. Você não é a namorada dele?
Você: Como ele esta? O que houve com ele? -perguntei um pouco desesperada.
Claire: Ele desmaiou no hotel que estava e agora esta no hospital.
Você: Mas ele ainda esta desmaiado?
Claire: Não.
Você: Em que hospital ele esta? E em que cidade?
Claire: Ele esta em Nova Jersey.
Você: Ele esta acordado?
Claire: Não.
Você: Então assim que ele acordar, pede para ele me ligar por favor.
Claire: Tá bom.
Você: Muito obrigada por avisar.
Claire: De nada.

Desliguei a ligação e peguei o mac de Cait que estava em cima da mesinha e entrei no twitter para vê se tinha noticias, mas só se via alguns fãs desesperados. Postei no twitter:

@Parker_: Vai ficar tudo bem #Timberlake! #PrayForJustinTimberlake
 
Fechei meu twitter e o mac e fiquei sentada vendo TV já que eu não tinha conseguido pegar no sono. Ouvi a porta se abrir e levei um pequeno susto, então olhei para trás e vi Justin, no mesmo momento eu voltei a prestar atenção na televisão.
 
Justin: Viu o que houve com o seu namoradinho?
 
Você: Ele vai ficar bem.

Justin foi para a cozinha e eu fui também, eu estava com uma fome do cacete. Abri os armários e achei Doritos, peguei o mesmo e uma coca na geladeira.

Justin: Eu também quero Doritos e esse é o único que tem aqui.

Você: Você acabou de chegar da rua, por que não comprou lá?

Justin: Porque eu não estava com vontade de comer Doritos, mas agora eu estou.

Você: Então vai ficar na vontade. -sai indo para a sala e senti ele me agarrar por trás para pegar o Doritos- Eu vou gritar se você não me soltar. -eu disse num sussurro.

Justin: Então pode gritar. -ele devolveu num sussurro, só que em meu ouvido. Eu me arrepiei por completa.

Você: Toma, não quero mais. -disse me virando para ele, mas me perdi completamente naquele olhar.

Aproximamos nosso rosto e eu já podia sentir seu hálito maravilhoso. Ele deu um leve sorriso e quando ia grudar nossos lábios, um individuo nos chamou.

Chaz: Que isso, não acredito que você estão ficando as escondidas. -Ele disse rindo. Meu rosto queimou de vergonha.

Você: O quê? Tá maluco? De onde você tirou isso?

Chaz: Mano, vocês dois estão abraçados. -ele disse como se fosse obvio. Olhei para baixo e vi que eu e Justin estávamos próximos demais, então logo tratei de me soltar dele.

Você: Estamos assim porque seu amigo quer o único Doritos que tem nessa casa, e eu peguei primeiro.

Chaz: Acha que eu tenho quantos anos para acreditar nessa baboseira de desculpa?

Você: Vai se fuder Chaz! -Chaz riu.

Chaz: Só fodo quando tem alguém para eu fuder. -ele disse fazendo eu e Justin soltarmos gargalhadas, ele também riu.

Sentei-me no chão e comecei a comer meu Doritos, mas dividi com Chaz e Justin, que também estavam sentados no chão.

Justin: Ryan esta ocupando a sala inteira deitado nesse chão.

Chaz: Acho que podemos fazer uma boa coisa com esse povo.

Você: Chaz, eu te amo muito. Você tem cada ideia, véi.

Chaz: -riu- Vou pegar umas paradas, já volto. -ele levantou-se meio desajeitado e subiu as escadas.

Eu e Justin ficamos vendo TV e comendo Doritos com a maior cara de cú, estávamos muito sem graça. De vez enquanto nossas mãos se encontravam quando íamos pegar o salgadinho, o que era engraçado e nos dava vontade de rir, mas prendíamos o riso. Meu celular começou a vibrar, olhei e vi que era o Timberlake, então já fui logo atendendo na primeira chamada.

Você: Amor?
- Hey minha linda.
Você: Você esta bem? O que houve? -eu perguntei rápido
Timberlake: Não foi nada demais, já estou bem.
Você: Poxa, você me deixou preocupada.
Timberlake: Me desculpe amor, eu não queria que ficasse assim.
Você: Esta tudo bem, confio em ti. Mas afinal, o que houve?
Timberlake: Eu estava comendo bolo e sei lá, do nada eu fiquei meio zonzo e desmaiei.
Você: Mas você esta bem mesmo né? Não esta dizendo isso para que eu fique calma...
Timberlake: Claro que estou bem, já vou te alta daqui a pouco.
Você: Ah, então tá, sendo assim...
Timberlake: Mas e você que me abandonou hein? Quase não atende minhas ligações, nem me liga mais.
Você: Me desculpe, é que eu fico 24 horas com o pessoal, então as vezes é bem difícil eu ficar com meu celular.
Timberlake: Tudo bem, você tem mesmo que se divertir. Amor, vou desligar, o médico esta vindo aqui.
Você: Tá bom amor.

Justin P.O.V

A única coisa que prestou naquela conversa deles dois, é que eu percebi que ela não falou "Eu te amo!" antes de desligar, então isso foi um motivo que me fez sorrir.

Justin: Parece que o gayberlake já esta bem.

Eu precisava inventar um apelido para aquele filho da puta, então juntei Gay + Timberlake = Gayberlake.

Você: Ele não é gayberlake.

Justin: Ele é gay o que então? -ela me olhou séria- Não quis admitir que não quer falar com ele, né? Acho que é agora que eu estou te conhecendo melhor.

Você: Não entendi seu comentário idiota.

Justin: Eu fico imaginando quantas vezes você deve ter mentido para mim só para não falar comigo.

Você: Não mais que você. -ela levantou-se deixando o Doritos e a Coca ali e foi para a cozinha.

Ela sempre tem uma resposta na ponta da língua e sabe acabar comigo. Filha da puta!

(seunome) P.O.V

Sai da sala e fui para a cozinha deixando que algumas lagrimas rolassem pelo meu rosto, como ele poderia pensar aquilo de mim?

Vi que a porta dos fundos estava aberta, então fui até lá e entrei no jardim, mas ouvi passos atrás de mim. Olhei e vi Justin correndo em minha direção tentando me acompanhar, então fui correndo o mais rápido que pude.

Justin: ESPERAI (SEUNOME)! -ele gritou parando de correr para recuperar o folego.

Eu já estava cansada, então parei em pé na borda da piscina e fiquei abraçando meus braços por conta do ventinho que passava por ali.

Você: Some daqui! -eu rosnei assim que Justin se aproximou.

Justin: Da pra você parar com essa chatice e me escutar?

Você: Estou cansada de ser iludida. Primeiro David e agora você...

Justin: Eu sei que eu vacilei feio, mas eu estou arrependido, se eu pudesse voltar no tempo, eu não teria feito essa burrada.

Você: Dizer isso é fácil, mas eu fui a idiota que sofreu enquanto você estava com aquela cabeçuda. -ele me olhou estranho e soltou uma pequena gargalhada, deveria ser porque eu chamei a Selena de cabeçuda.

Justin: (seunome), a verdade é que...

Você: Fique ai! Não se aproxime de mim. -eu o interrompi assim que vi ele se aproximando. Ele suspirou e voltou a falar.

Justin: A verdade é que eu sofri muito durante todo esse tempo em que estávamos longe. Eu fiz coisas que você já mais poderia imaginar que um dia eu faria, mas fiz isso para tentar amenizar a dor que eu estava sentindo.

Você: O que você fez? -eu perguntei num murmuro.

Justin: Deixa eu me aproximar de você e eu te falo. -ele pediu e eu pensei por uns segundos, então assenti e ele se aproximou ficando bem próximo de mim.

Você: E então...!?

Justin: Eu me droguei. -ele disse num sussurro.

Meu mundo desabou naquele momento, eu não conseguia ter outra reação a não ser ficar parada o observando e tentando acreditar no que ele tinha falado. Eu não conseguia acreditar que ele havia feito aquilo; O Justin, aquele Kidrauhl que eu conheci na infância, como ele pode fazer isso?

Senti algumas lágrimas rolarem pelas minhas bochechas e Justin estava com os lacrimejados, suas lagrimas estavam prestes a cair. Ele foi se aproximar de mim e não sei o que houve que só vi seu corpo caindo dentro da piscina. Eu não conseguia gritar o pessoal, sei lá, fiquei tão nervosa.

Não pensei duas vezes e me joguei na piscina, ele estava se afogando, ele sabia nadar, então não sei como ele estava se afogando. Nadei até aonde ele estava, o puxei pelo braço e o levei para a borda. Ele apoiou seus braços na superfície e sentou-se na borda tentando retomar o folego.

Sentei-me ao seu lado e meu queixo estava batendo de tanto frio, apenas senti seus braços me cobrirem, eu não fiz nada, apenas deixei aquele momento rolar.

Chaz: JUSTIN E (SEUNOME), O QUE HOUVE? -ele gritou.

Eu e Justin ficamos quietos, estávamos quase congelando ali.

Ryan: Caralho meu, o que houve aqui? -ele perguntou do nosso lado.

Chaz: Ryan, pega a (seunome) e leva ela para dentro de casa, irei dar um jeito em Justin.

Ryan: Tá ok.

Apenas senti os braços fortes de Ryan me segurar e me levar para dentro de casa me colocando em um dos sofás. O tempo não estava tão frio, mas devido ao susto que eu levei e com a agua hiper gelada da piscina -mas o vento também ajudou nisso-, eu e ele ficamos naquele estado.

Eles jogaram um cobertor bastante grosso em cima de mim e Justin logo apareceu mancando e se sentou ao meu lado. Deram um cobertor a ele e ficamos todos quietos, eu sei que eles estavam esperando por respostas, mas eu não estava nem um pouco afim de falar detalhes por detalhes.

Justin: ...
 
Continua...
oooi minha pedreras, tudo bem? Eu estou de boa. Sei qe vcs devem estar com raiva por eu ñ ter feito a (seunome) perdoar o Jus, me desculpe. kkkk Mas mano, o capitulo 58 e 59, então fodaasss! kkkk Já até escrevi. euheuhueheuh u-ú Esse capitulo ficou dramático demais no final, masok. Ah, leiam minhas fics no Anime? E please, comenta e favorita? Vou ficar muita grata. Fic criminal >> click aqui Fic hot >> click aqui. Geenteee, tá confirmado, passei de série porra! E já estou de férias. Mano, tô muito feliz, ai crl. <333333 E vcs, passaram? Já estão de férias? Enfim... Espero que tenham gostado do capitulo, beijos e amo vocês gaaataaass! *-* Continuo com 20 comentários.


2.12.13

As Long As You Love Me - Capítulo 56 ✌

 

(seunome) P.O.V

Justin: Preciso conversar com você. - dei um leve pulo de susto ao ouvir a voz dele.

Eu congelei e fiquei toda arrepiada. E agora, o que eu faria?

Você: Não temos nada pra conversar. -eu disse ainda de costas pra ele.

Justin: Claro que temos (seunome), você sabe.

Você: Você já esta com a Selena e está feliz, me deixa ser feliz também.

Justin: Eu não estou com a Selena. -ele disse e eu não pude deixar de sorrir.

Você: Não importa, você gosta dela e ela de você.

Justin: E quem disse que eu gosto dela?

Você: Se você não gostasse, você não me largaria do nada para ficar com ela.

Justin: Nossa situação estava complicada. Quase não nos víamos.

Você: Isso não é desculpa para justificar o que você fez comigo. -ficamos em silencio e pude ouvir ele dar um longo suspiro.

Justin: E o nosso beijo de ontem? Ele não significou nada para você?

Justin P.O.V

Você: Que beijo? -ela perguntou virando-se para eu.

Meu coração se despedaçou, como ela não lembrava do nosso beijo? Daquele momento maravilhoso que tivemos juntos...

Justin: Vo-Vo-cê não se lembra?

Você: Não. -ela fez uma cara de incrédula- Acho que a Selena esta te deixando meio louco.

Justin: Como você não se lembra? Impossível você não se lembrar. -eu disse exaltado.

Você: Fala baixo, você não tem moral para gritar comigo.

O que estava acontecendo? Aquela não era a (seunome) que eu conhecia.

Você a transformou, Bieber.

Cala a boca mente dos infernos!

Estou mentindo, Bieber? Ela era tão doce, olhe como ela esta agora. E tudo isso por sua culpa!

Meus olhos se lacrimejaram e eu tentei segurar as lagrimas, não queria chorar na frente dela. Eu ia fazer de tudo, de tudo mesmo, eu iria fazer o possível e o impossível para tê-la de novo. Sai da cozinha e fui direto para um dos quartos de hospedes da casa do Chris, deitei numa cama que, inclusive tinha um cheiro maravilhoso, e fiquei ali me lamentando.


(seunome) P.O.V

Sai correndo da cozinha assim que Justin fez o mesmo, e fui para a piscina, fiquei sentada na borda com os pés na agua enquanto lágrimas rolavam pelo meu rosto.

- O que houve minha bebeza? -olhei e vi Jas, ela sentou-se igual a eu.

Você: Eu e o Justin nos beijamos ontem na balada, dai hoje ele veio me falar várias coisas e perguntou se o beijo tinha significado algo para eu.

Jas: E o que você disse?

Você: Eu disse que não me lembrava de nada. -ficamos uns segundos quietas- Eu fiz certo ou não?

Jas: Você podia ter falado a verdade (seunome).

Você: Eu não quero sofrer de novo.

Jas: Eu acho que do jeito que você esta fazendo, as coisas irão ficar bem mais difíceis e vocês dois irão sofrer.

Você: EU irei sofrer né? -dei ênfase no "eu" tentando "corrigi-la".

Jas: Claro que não, ele também vai sofrer.

Você: Como você pode falar isso Jasmine? Ele nem gosta de mim.

Jas: Como você sabe? -ficamos quietas.- Você não percebeu o jeito que ele esta te olhando desde que chegou? Não percebeu que ele se "humilhou" ao ponto de ir falar do beijo de ontem com você? -ela pausou- Aposto que você nem deixou ele se explicar.

Eu fiquei em silencio, não sabia o que falar, mas não sabia se ela estava mesmo certa. Eu só não queria me iludir mais uma vez, e eu estava sofrendo demais ao ponto de ter forças para perdoa-lo.

Você: Vamos esquecer isso Jas, eu tenho namorado.

Jas: Porra (seunome), mas não é ele que você ama. -ela disse exaltada e retirou-se dali antes que eu protestasse.

Não pude controlar as outras lágrimas que caiam pelo meu rosto, eu estava parecendo uma criança quando os seus pais não compram o brinquedo que eles querem. Fiquei por mais um tempo lá e resolvi ir descansar um pouco, meu olho já estava ardendo.

Levantei-me, passei pela sala encontrando Chris e Jas dormindo num sofá, Chaz e Cait dormindo em outro e Ryan vendo TV deitado no chão, mas ele estava quase dormindo ali também.

Ryan: Esta melhor? -ele perguntou fazendo eu parar de subir as escadas.

Você: Estou sim.

Ryan: Quer conversar?

Você: Agora não, eu quero apenas descansar.

Ryan: Tudo bem, qualquer coisa é só falar.

Eu assenti e voltei a subir a escada. Abri a porta do quarto em que eu estava e paralisei ao vê Justin dormindo de bruços na cama que eu dormi na noite anterior. A porta estava aberta, mas o vento que vinha da enorme janela aberta, a fechou fazendo a mesma fazer um barulho enorme. Coloquei minhas mãos no ouvido devido ao barulho e logo as tirei assim que vi Justin acordar assustado.

Justin: Que barulho foi esse?

Você: A porta bateu devido ao vento que entrou pela janela.

Justin: O que você esta fazendo aqui? -ele perguntou rude.

Você: Eu que deveria esta te fazendo essa pergunta. -eu devolvi no mesmo tom.

Justin: Am?

Você: Estou dormindo nesse quarto desde ontem.

Justin: Me desculpe, eu não sabia, eu só queria descansar. -ele disse já se levantando.

Você: Tudo bem, pode ficar, vou dormir em outro quarto.

Eu dei as costas e já ia saindo, mas Justin segurou meu braço fazendo eu olha-lo.

Justin: Podemos conversar?

Você: De novo?

Justin: Eu ainda não terminei de dizer tudo o que eu tinha para falar.

Você: Justin, eu vou ser bem rápida e clara: Eu não quero nada com você, nem mesmo a sua amizade.

Justin P.O.V

Eu me senti um lixo ao ouvi-la falar aquilo. Meu coração tinha se partido em pedaços e ninguém poderia concerta-los, mas por um lado, foi bem feito, eu sempre fui um idiota, sempre abria mão de coisas e pessoas que me faziam bem, por coisas banais, mas eu não queria ficar sem ela de novo, eu precisava dela mais que tudo.

Ela retirou-se do quarto e eu fiquei parado pensando em um jeito dela me perdoar, eu tinha que tê-la novamente. Eu já tinha alguns planos em minha cabeça, então desci correndo e peguei a chave do carro em cima da mesinha de centro. O pessoal estava dormindo e (seunome) deveria estar em algum quarto, então sai sem que eles soubessem e fizessem várias perguntas de onde eu iria.

(seunome) P.O.V

Eu tentava dormir mas eu não conseguia, rolava pra lá e pra cá na cama mesmo eu estando com muito sono. Ouvi o telefone residencial tocar várias vezes e ninguém atendia, então levantei-me da cama e desci até a sala e atendi.

Você: Alô?
- Você é a namorada do Justin?

Continua...
Oi oi minhas lindaaas!  ❤❤❤❤ Tudo bem com vocês? Eu estou bem e passei de série. *----* Ah, que doideira foi a minha pergunta de quem namorava a Cait? kkkkkkkkkkkkkk Crl mano, eu esqueci. kkkkkk Quero agradecer de coração por vocês terem me ajudado. ❤❤❤❤ Eu espero que vocês gostem desse capitulo, estou um pouco sem inspiração pq estou menstruada e com cólica, então só quero deitar e dormir. :/ u.Ú E será de qual Justin a pessoa esta falando? Do Bieber o Timberlake? E ah, será pq ligaram para ela? Veremos. u.u Muito obrigada pelos comentários do capitulo anterior, já respondi todos. Beijos e amo vocês demais da conta minhas divas. ❤❤❤❤ Continuo com 20 comentários.