31.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 7


(seunome) P.O.V

Eu: Todos acham que eu levo uma vida de princesa por causa do meu pai. Pois não é bem assim. Tudo bem, eu tenho tudo o que quero, mais são coisas materiais. Eu me importo mesmo é com o amor, o carinho, a atenção. E meus pais nem me dão carinho e muito menos atenção. Eles estão sempre na empresa. Quem realmente me dar carinho, é minha dinda, á Lizzy, que também é empregada da minha casa. E eu queria que todos daqui soubessem que não sou essa princesinha que eles tanto imaginam que eu seja. E a amizade? bom, de amigas eu só confio na Jas e na Brit, pois elas são minhas amigas desde quando eu me mudei pra cá. E elas não se importam pelo fato de eu ser a filha do homem mais rico do Canadá. -Revirei os olhos. Justin me olhou espantado 

Justin: Você por acaso é a (seunome) Parker? -eu assenti- SOU EU (SEUNOME). -eu o olhei espantada, pois ele estava gritando

Eu: O que? -eu perguntei sem entender a reação dele

Justin: Justin.. Justin Bieber. -ele disse com os olhos marejados.

Ele abriu os braços na esperança de um abraço. Eu estava sem reação, mas consegui abraça-lo. Era ele! Eu sabia que aquele dia iria chegar. Senti lágrimas rolarem pelo meu rosto. 

Eu: Justin, eu nem acredito que é você. -disse me embaralhando nas palavras e o abracei mais forte

Justin: Eu sabia que um dia nós dois iriamos nos reencontrar.  -ele disse com um sorriso enorme e notei lágrimas em seu rosto 

Eu: -desfiz o abraço- Foi muito difícil ficar sem você durante esse tempo. 

Justin: Eu senti tanto a sua falta. -eu sorri- Vamos aproveitar cada momento que perdermos juntos.


Eu: Vamos sim. -sorrimos- Deixa eu te abraçar meu loiro. -rimos e nos abraçamos o mais forte possível 

O celular dele apitou. Desfizemos o abraço e ele pegou o celular no bolço. 

Justin P.O.V

Meu celular havia apitado. Peguei o mesmo no bolço e vi uma mensagem de Chris.

- Ta aonde cara?

- Estou com minha melhor amiga. Pq?

- ãn? como assim?

- Lembra da (seunome) Parker? Pois é, nos encontramos. To muito feliz cara.. dps falo ctg. Vlw

- Crl dude, ta falando sério? não sabia que a (seunome) da A-901 era a Parker. Ela é mó gata, plmdds.

Eu ri. Nem pense em dar em cima dela. -ri de meus pensamentos- 

Ela: Rindo de que? -sorriu abafado 

Eu: Não é nada, é só o Chris de bobeira. -sorrimos- Você vai sair hoje?

Ela: Hoje tem social na casa do meu namorado. -sorriu sem mostrar os dentes 

Eu: Hum 

Ela: Vamos também? 


Continua...

ooi amores, tudo bem? eu tô bem. rs u_u Bom amores, eu disse qe eu iria postar dois capítulos por dia se tivesse bastante comentários, se lembram? então.. depois de dois dias que eu consegui os comentários suficiente, por isso não postei no mesmo dia. E ontem não deu pra mim postar. Se tiver bastante comentários ainda hoje, eu irei postar o próximo capítulo daqui a pouco.  P.S: Deixem o twitter de vocês pra mim poder avisar quando tiver postagem nova. Qualquer coisa estou no @TorradaDoJubs .  Beijos e amo vocês <3
 Divulgando: http://imaginebelieberhotjerrydelicia.blogspot.com.br/ | http://mrbieeberimaginebelieber.blogspot.com.br | fanfics-do-bieber.blogspot.com 

29.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 6



(seunome) P.O.V

Eu: PUTA QUE PARIU! QUEM FOI O FILHO DA... -eu ia terminar de xingar e olhei vendo Justin sem reação 

Justin: M-e desculpe, sério. Já a segunda vez que eu esbarro em você. -disse tropeçando nas palavras e eu ri

Eu: Esta tudo bem. E o engraçado é que foi no mesmo dia. -rimos- Hoje mesmo eu compro outro.

Justin: Não, eu compro. 

Eu: Nem pensar. Eu compro e fim. -ele bufou e eu sorri

Justin: Sem querer me intrometer, você esta indo pra onde? ou estava, não sei. -rimos

Eu: Eu estava indo para a suposta sala de dança.

Justin: ãn? -eu ri

Eu: É que minha melhor amiga esta conversando com o primo do meu namorado, ai pra mim não ficar segurando vela, eu sai e inventei a desculpa de que estava indo a sala de dança. E estava rolando maior clima entre os dois. -ele riu 

Justin: Pode me apresentar a escola? meus amigos não estão nem um pouco afim de fazer isso.

Eu: Claro. Você já tem amigos?

Justin: Sim. Eles são meus velhos amigos. -eu sorri sem mostrar os dentes

Eu: Vamos? -ele assentiu. Andamos por toda a parte da escola. Mostrei a ele cada detalhe da escola- E por último, esse jardim. -eu disse abrindo uma porta de vidro enorme que dava de cara com um jardim.

Justin: Ual. Aqui é incrível. -ele disse boquiaberta  

Eu: Aqui os alunos costumam vim para namorar, ler, pensar e coisas do tipo. Eu adoro vim aqui, porque é a parte que mais tem sossego na escola.

Justin: Isso é bom -eu assenti

Eu: Vem, vamos sentar ali. -disse apontando pra uma das árvores 

Justin: Não vamos sentar na árvore né?

Eu: Com certeza Justin. -disse irônica 

Justin: Opa, foi mal. -eu ri

Eu: Vem..

Eu o "puxei" e fomos até a árvore. Então me sentei na grama e ele fez o mesmo. Veio um ventinho fresco e balançou meu cabelo. Prendi o mesmo num coque frouxo e auto. Justin me observou por uns segundos e eu corei. 

Justin: Você não me parece estranha 

Eu: Digo o mesmo sobre vocês. -sorrimos- Você morava aonde aqui no Canadá? 

Justin: Eu morava aqui mesmo em Stratford. Então me mudei pra Atlanta, pois meus pais se separam quando eu era mais novo. Tentamos viver uma vida lá e chega, você não vai querer me ouvir. -ele soltou um risinho 

Eu: Claro que não, me conta ai. -sorrimos e ele continuou 

Justin: Porém não deu certo. E meu avós moram aqui, então era bem difícil morar longe deles, já que eles praticamente me criaram. Passei por dificuldades na escola e repeti dois anos. Então como eu já tenho 19 anos, minha mãe me perguntou se eu queria voltar pra cá, eu disse que sim. Então eu voltei e comprei uma casa pra mim. Me matriculei nessa escola pra tentar recuperar os dois anos que perdi e vamos ver se vai dar certo. -ele sorriu sem mostrar os dentes e eu retribui 

Eu: Ela não veio morar com você?

Justin: Não. Ela só vai passar uma semana aqui e depois vai voltar pra Atlanta, porque lá ela tem o trabalho dela garantido. 

Eu: Ah, entendi. -sorrimos

Justin: Me conte um pouco sobre você?

Eu: Bom, por mais que não pareça, eu não levo uma vida de princesa igual muitas garotas daqui acham. 

Justin: Como assim?


Continua...

ooi amores.. o que vocês? acharam do capítulo? espero que tenham gostado. Bom, vocês estão reclamando do tamanho dos capítulos.. ME DESCULPE! Já tenho vários capítulos prontos, então não posso aumenta-los. PORÉM irei postar dois capítulos por dia pra recompensar vocês. O que acham? Continuo ainda hoje. Mais só irei postar dois capítulos por dias, se continuar tento muitos comentários. O próximo capítulo esta cheio de surpresas e emoções. *-* haha Beijos e amo vocês. <3 P.S: Deixem o twitter de vocês sempre que comentarem, pois estou perdendo o user de vocês. =/ Qualquer coisa tô no @TorradaDoJubs .
 Divulgando: http://imaginebelieberlovekidrauhl.blogspot.com.br/  :)

28.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 5


(seunome) P.O.V

David: Oi amor, oi Jas. Esse é meu primo Adryan. -disse e os dois sorriram fazendo eu e Jas retribuir 

Adryan: Prazer. -ele sorriu 

Eu: Prazer. -eu sorri e ele me deu um beijo na bochecha 

Jas: Prazer. -ela sorriu e ele deu um beijo em sua bochecha 

David: Ele é novo aqui. 

Eu: Qualquer coisa é só chamar. -ele sorriu

Adryan: Obrigado.

Jas: Vamos na cantina? estou com uma fome. 

Eu: Eu também. Vamos meninos? 

David: Amor, vou ter que ir na diretoria e depois vou lá. Adryan, pode ir com elas se você quiser. -ele assentiu 

Eu: Você vai fazer o que na diretoria?

David: Não sei. A diretora pediu pra mim ir lá. 

Eu: Ta bom então. -ele veio até a mim e me selou. Ele então virou as costas e saiu

Fomos até a cantina. Eu pedi misto-quente e coca-cola. Adryan e Jas pediram fritas e coca-cola.

Jas: Você é da sala do seu primo? -ele assentiu e sorriu 

Adryan: Você tem namorado? 

Jas: Ainda não. -eles riram. Sim, eu estava me sentindo excluída e segurando vela

Nossos pedidos chegaram e começamos a comer. Eu estava comendo rápido pra deixar Jas e ele sozinhos e comecei a toci. Havia me engasgado. 

Eu: Bate nas minhas costas amiga. -disse embolado 

Jas: O que?

Eu: EU ME ENGASGUEI CARALHO. ME AJUDA! -eu disse mais alto e ela me entendeu e bateu nas minhas costas. Fui parando de toci aos poucos.- Credo. 

Jas: Ta bem? -eu assenti 

Terminei de comer meu lanche e paguei. 

Eu: Amiga, vou na sala de dança. -eu disse fazendo um gesto com o olho que só a Jas entendia. Ela sorriu

Jas: Ta bom amiga.

Eu: Bye. 

Eu sai dali e meu celular vibrou. Vi uma mensagem da Jas.

- Obrigada amiga ;)

Eu ri. Estava digitando a mensagem pra ela e alguém esbarrou em mim. Olhei para o chão e vi meu celular em pedacinhos.

Eu: PUTA QUE PARIU! QUEM FOI O FILHO DA....


Continua...

Vish, o coro vai comer agora. *o* euheuheuhe oooi ooi gente.. como cês tão? eu to de boa u.u Eu já disse que vocês são pftos? não? okay, VOCÊS SÃO PERFEITOS! Os comentários estão aumento a cada dia que passa. Sério gente, vocês não sabem o quanto me deixam feliz. *-* Gostaram do capítulo? Espero que sim. Então é isso.. beijos e amo vocês. <3 P.S: Me desculpe pelo capítulo pequeno. =/ 
 Divulgando: http://neverstoplovingbelieber.blogspot.com.br/ 

27.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 4


(seunome) P.O.V

Eu: Nós dois o que professora? 

Prof. Hannah: Vocês dois serão Romeu e Julieta na peça.

Justin: O que? -ele perguntou assustado 

Eu: Professora, para de doideira. Nós nem nos conhecemos.

Prof. Hannah: Melhor ainda. -disse sorrindo 

Justin: Pra que isso? Vale ponto pelo menos?

Prof. Hannah: Vale 5 pontos. Ou seja, a média já sera garantida. 

Marcelo: Professora, e quem não fizer a peça? -ele perguntou lá do fundão

Prof. Hannah: Vou passar um trabalho em grupo pra vocês. 

Marcelo: Valendo quanto? 

Prof. Hannah: 5 também. 

Becca: Ai (seunome), aproveita o anjo gata. Se não quiser esse papel, eu aceito de boa. -ouvi ela falar do fundão e revirei os olhos. Ela era a mais vadia da escola. 

Eu: Professora, eu tenho namorado. 

Prof. Hannah: É por uma justa causa. Pense nisso. 

Eu: Temos tempo pra pensar pelo menos?

Prof. Hannah: Claro.

Justin: Temos que dar a resposta até quando?

Prof. Hannah: Até na próxima aula. Ou seja, semana que vem. 

Eu & Justin: Ok. 

O sinal então tocou. Todos saíram da sala de aula, inclusive Justin. 

Jas: Vamos?

Eu: Vamos.
Justin P.O.V

Justin: Cara, eu vou ser o Romeu. -disse com cara de tédio 

Chris: Pelo menos você vai pegar a gata da (seunome). 

Chaz: Todos os garotos daqui são loucos pra pega-la. 

Cait: Até você? -ela perguntou o fuzilando com os olhos 

Chaz: Não meu amor, claro que não. -disse dando um selinho nela

Justin: Puts. Vocês estão namorando? -perguntei espantado e eles assentiram- É, perdi muita coisa durante esse tempo. -disse ainda espantado 

Ryan: E dude, só David conseguiu pegar ela. Pensa na possibilidade de coloca-lo no chinelo. -eu ri

Justin: Não é nem o fato de beija-la, o fato é que eu sou tímido. 

Cait: Você é o que Justin? -perguntou rindo

Justin: Tímido. -afirmei como se fosse óbvio 

Cait: Você de tímido não tem nada.


Continua...

oooi meus amores. Como cês tão? eu to de boa u.u Geeeeeeente, tô tão feliz. Esta tendo MUITOS comentários. Sério gente, MUITO obrigada. *-* Esse capítulo eu não deixei vocês curiosos. u.u aaah, e a Becca, é tipo a Fatinha de Malhação sabe!? uehueheuhe Deixa eu contar umas fofocas pra vocês. Bom, hoje eu estava jogando futebol na escola e eu fiz GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, caraleo, eu fiz gol *o* Gente, vocês não tem noção da cara que eu fiz. hahaha sai pulando no colo de todo mundo u.u e tipo, eu fui a única do meu time que fez gol. hahaha A segunda fofoca, é que hoje tinha uma garota abraçando o namorado dela na escola né.. ai o pai dela CHEGOU NA HORA. Ele deu uns tapas na cara dela e a jogou contra-parede e tudo.. cês tinham que ver. O pai dela disse que vai mudar ela de escola. *o* E mal sabe ele, que a outra filha dele, também tem namorado. ueheuheuheuehehu mó doideira isso.. u.u Pronto, agora vou indo.. Beijos e amo vocês. <3
 Divulgando: http://princesadobieber.blogspot.com.br/ 

26.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 3


(seunome) P.O.V

Eu: Licença professora.

Prof. Hannah: Pode entrar (seunome). -ela sorriu. Ela era uma professora bastante legal e que se interagia com a turma. 

Ele: Licença professora. Sou aluno novo. 

Prof. Hannah: Pode entrar. Pode se apresentar por favor? -ele assentiu e ficou em pé de frente pra classe.

Ele: Meu nome é Justin, tenho 18 anos e sou canadense mesmo. -ele sorriu tímido 

Prof. Hannah: Seja bem vindo Justin. -ela sorriu- Por favor, sente-se ao lado da (seunome). -ele assentiu e se sentou ao meu lado

Eu sorri ao lembrar do nome dele. Era o mesmo nome do meu antigo e único melhor amigo. 

Justin: Algum problema?

Eu: Não, é que seu nome é igual o do meu primeiro melhor amigo. -eu sorri

Justin: Que legal. E aonde ele esta?

Eu: Ele se mudou quando éramos criança para... -fui interrompida pela professora 

Prof. Hannah: (seunome) e Justin, parem de conversar e prestem atenção na aula. -ela disse num tom amigável.

Eu: Desculpa professora. 

Justin: Desculpe. -disse e ela voltou a atenção ao quadro

Peguei meu caderno e comecei a copiar a matéria que se encontrava no quadro. Assim que terminei, vi uma mensagem da Jas.

- Que isso hein amiga.. sentada do lado do gatinho novo. 

- Vai estudar bitch <3

- Estudar é chato. :c

- Eu sei né gata.. mas fazer oque né? 

- Hoje tem social na casa do David. Você vai né? 

- LÓGICO! hahaha Agora vou estudar guria. 2bj

- Eu sei o seu "estudar" hahahaha safada u.u Bj 


Eu ri. Vi no quadro e estava escrito: Exercícios da página 114. Do numero 1 ao 10. Peguei meu livro e o caderno e comecei a fazer. 

Justin: Você fez o numero 6? 

Eu: Sim, porque?

Justin: Você poderia me ajudar? não consegui fazer. -ele sorriu sem jeito 

Eu: Ah, é claro. -eu sorri 

Estava ensinando o dever a ele e ouvimos a professora falar nosso nome. Então a olhamos.

Prof. Hannah: É isso, tem que ser vocês dois. -disse sorrindo e eu e Justin nos olhamos sem entender

Eu: Nós dois o que professora? 

Prof. Hannah: Vocês dois serão...


Continua...

Sou má, eu sei. u.u Oi meus amores. *-* Cês tão bem? eu to de boa u.u Gostaram do capítulo? espero que sim. Tem mais leitoras novas. Sejam bem vindas minhas lindas. :3 Será que a (s/n) e o Jus serão o que hein? Veremos no próximo capítulo. ~lê eu fazendo suspense u.u~ A M E I os comentários anteriores. Estou muito feliz que tenha aumentado. *-* Qualquer coisa estou no @TorradaDoJubs. OBS: Deixem o twitter de vocês para mim avisa-los. Beijos e amo vocês. <3
 Divulgando: http://sonhos-feat-justinbieber.blogspot.com.br/ 

25.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 2


(seunome) P.O.V

Avistamos David chegar e o mesmo veio até nós duas. 

David: Bom dia princesas. -disse sorrindo e se sentando em seguida. Eu e Jas sorrimos. 

Eu: Bom dia amor. -disse e o selei 

Jas: Bom dia. -eles sorriram e o sinal tocou 

David: Vamos? 

Eu: Eu vou no meu armário e já vou pra sala. Podem ir na frente. 

David: Ta bom. -ele me selou

Jas: Ok. -eles então saíram dali 

Fui ao armário e peguei meus livros. Estava voltando a sala de aula e alguém esbarrou em mim. Vi todos os meus livros no chão. O menino era um pouco mais alto que eu, olhos mel, cabelo liso e claro. Ele é lindo. 


Justin P.O.V

Cheguei na escola, estacionei o carro e entrei na mesma. Eu sentia olhares de várias garotas em cima de mim. Por mais que eu sege lindo, elas estavam me incomodando com aqueles olhares. -ri de meus pensamentos- Peguei meu celular e liguei pra Ryan.

LIGAÇÃO ON

Eu: Ta aonde cara?
Ryan: To na escola, e você?
Eu: Também. Estou perto do refeitório. 
Ryan: Relaxa ai que já estou chegando. 
Eu: Ok

LIGAÇÃO OFF

Desliguei a chamada e fiquei uns 5 minutos esperando ele. Até que vi ele, Chris, Chaz e Cait.

Ryan: Po, fala aê dude, quanto tempo cara. 

Eu: Fala aê, beleza? -fizemos um toque de mão

Ryan: Beleza. 

Chaz: Fala aê bro. -fizemos um toque de mão 

Eu: Beleza?

Chaz: De boa. 

Chris: Saudades cara. Bele? 

Eu: Fala aê. -toque de mão. Cait se aproximou e me abraçou 

Cait: Justin, como você mudou. -disse e sorriu 

Eu: Sério? -eu ri- Você esta linda. -ela sorriu

Cait: Obrigada. -disse e o sinal tocou

Chris: Borá pra sala?

Eu: Tenho que ir no meu armário primeiro. Vão indo na frente. 

Chris: Ok. 

Eles deram as costas e saíram. Fui caminhando até meu armário, guardei os livros que não iria usar e tranquei o mesmo. Eu estava andando pelo enorme corredor distraído mexendo no celular e sem querer esbarrei em uma pessoa. Olhei e vi uma menina um pouco mais baixa que eu, dos olhos mel com verde, com cabelo ondulado e castanho escuro. Ele era linda. 

Eu: Me desculpe. -disse a ajudando pegar seus livros no chão

Ela: Não, tudo bem. -disse e sorriu sem jeito. Terminei de pegar os livros dela e a entreguei- Obrigada. -ela sorriu

Eu: Magina. -eu sorri- Você poderia me ajudar em algo? 

Ela: Claro.. em o que posso ajudar?

Eu: Sou novo aqui na escola e meus amigos já foram pra sala de aula. Poderia me dizer onde é a turma A-901? -perguntei olhando um papel em minha mão que tinha o numero da turma

Ela: Ah, claro. Você é da minha sala. -sorriu tímida- Vem comigo. 

(seunome) P.O.V

Ele me acompanhou até a sala. A professora Hannah já se encontrava na mesma.

Eu: Licença professora. 

Prof. Hannah: ...


Continua...


Oi amores. Fiquei muito feliz com os comentários anteriores. Continuo ou não? Tem leitoras novas :3 Sejam bem vindas minhas lindas. E eu sou muito maluca (meus leitores sabem disso), então não estranhem. u.u haha Espero que vocês tenham gostado do capítulo. Qualquer coisa estou no @TorradaDoJubs. Sempre que vocês comentarem, deixe o twitter de vocês para mim poder avisa-los. Beijos e amo vocês. <3

24.5.13

As Long As You Love Me - Capítulo 1


(seunome) P.O.V

Acordei com meu celular despertando. Passei a mão pela escrivania tentando achar meu celular, o achei e desliguei  o alarme. Me levantei e fui até o banheiro. Fiz minha higiene matinal, tomei banho e me vesti assim: 
Sem a bolça e o óculos 
Peguei essa mochila: 

Peguei meu celular, coloquei a mochila nas costas e desci indo para para a cozinha. 

Eu: Bom dia mãe. -eu dei um beijinho na bochecha dela e me sentei 

Mãe: Bom dia filha. -ela sorriu. Peguei uma maça e dei uma mordida 

Eu: Meu pai já foi trabalhar? 

Mãe: Sim. Ah, hoje eu não vou almoçar em casa, pois vou resolver uns probleminhas da empresa. -eu assenti e sorri sem mostrar os dentes 

Lizzy: Bom dia (seunome)

Eu: Hey Lizzy, bom dia. -disse indo até ela e depositando um beijo em seu rosto

Lizzy é a empregada da casa. Não gostamos de chama-la assim. Ela mora e trabalha aqui em casa desde quando nos mudamos pra cá. Ela tem 50 anos e é viúva.  

Eu: Mãe, tenho que ir, senão vou me atrasar.  

Mãe: Vai lá filha. -disse sorrindo e me abraçando em seguida 

Estava no jardim da minha casa indo até Rob, nosso motorista. Ele já estava me esperando no carro. Entrei no mesmo e fechei a porta. 

Eu: Bom dia Rob. -disse sorrindo 

Rob: Bom dia. -ele respondeu sorrindo 

Peguei meu celular e vi uma chamada perdida do David em meu celular, mas é claro que eu não poderia retornar pra ele aquele momento. 

Não demorou muito e cheguei na escola. 

Eu: Valeu Rob. Tchau -ele apenas assentiu e eu sai do carro 

Peguei meu celular e liguei para David


LIGAÇÃO ON


Eu: Oi amor
David: Oi amor. Eu te liguei
Eu: É, eu vi. -sorri pelo nariz- Eu estava distraída conversando com minha mãe e o celular estava no silencioso. 
David: Tudo bem. Já esta na escola?
Eu: Estou chegando, e você?
David: Eu também. 
Eu: Nos encontramos então 
David: Ta bom. Te amo
Eu: Te amo. Beijos

LIGAÇÃO OFF

Entrei na escola e fui caminhando até o refeitório. Cheguei lá e encontrei Jas sentada em uma das mesas e mexendo no celular. Fui até ela. 

Eu: Oi gata -disse me sentando na frente dela e a fazendo me olhar

Jas: Oi bitch -disse e voltou a atenção ao celular 

Justin P.O.V

- Justin, acorda. Já vai se atrasar no primeiro dia de aula? 

Vi uma forte claridade em meu rosto. Olhei para o lado e vi minha mãe abrindo a janela. 

Eu: Mãe, não faz isso, por favor. -eu resmunguei 

Mãe: Anda menino, levanta. 

Eu: Que saco. -eu resmunguei mais uma vez e me levantei 

Fui até o banheiro, me despi e tomei meu banho. Sai do banho e me vesti assim: 


Desci e encontrei minha mãe tomando café. Fui até ela e beijei sua testa. Estava quase saindo de casa, e ela me barrou. 

Mãe: Não vai tomar café? 

Eu: Não mãe, to sem fome. Tchau! -disse rápido e sai mais rápido ainda antes que ela dissesse algo.

Fui até meu carro, que é assim: 


Retirei da garagem e dei partida.


CONTINUA..

ooi ooi amores, tudo bem? eu to bem. :3 Pronto, postei o primeiro capítulo da tão esperada fic. o/ hahahaha Podem me tacar tomates, eu deixo. Sou péssima em primeiros capítulos, então me desculpe e espero que vocês tenham gostado. Qualquer coisa estou no @TorradaDoJubs. Beijos e amo vocês. <3